Como fazer email marketing: dicas práticas e passo a passo

Como fazer email marketing é uma pergunta muito comum atualmente. Isso porque essa estratégia é um dos grandes pilares do marketing de conteúdo.

O email marketing é importante para empresas de todos os tamanhos. Ele cria um canal direto de comunicação entre sua marca e clientes em potencial. Dessa forma, trata-se de uma ótima opção no processo de nutrição de leads.

E esse não é o único momento em que o email marketing pode trazer benefícios para sua empresa. Ele também pode ser utilizado para estratégias de remarketing, acompanhamento de pós-venda e até mesmo para ajudar na fidelização de clientes.

Sabendo que essa é uma ferramenta tão versátil, certamente você deve se perguntar: mas como fazer email marketing?

A verdade é que, apesar de existirem diversos fatores para considerar, não é tão complicado assim. Com um bom planejamento e a ferramenta ideal, qualquer empresa pode se beneficiar com o email marketing.

Neste artigo, você aprenderá tudo o que precisa saber para fazer esse planejamento de maneira otimizada e não errar.

O que é email marketing?

Email marketing é uma estratégia de comunicação que utiliza o disparo de emails para promover uma marca, produto, serviço, campanha, promoção ou para manter o público-alvo informado.

Para tornar esse tipo de ação ainda mais otimizada, a maioria das empresas utiliza as ferramentas de automação para facilitar o envio dos emails para um grande número de destinatários.

Por ser uma forma de comunicação direta com clientes, as empresas se beneficiam bastante dessa ferramenta, pois, com o uso do email marketing, não é necessário entrar em uma disputa concorrida com outros conteúdos nas redes sociais.

No entanto, é importante ter cuidado com o uso em excesso, para não acabar incomodando.

Sua empresa não vai querer estar entre as diversas mensagens indesejadas da caixa de entrada, aquelas que clientes arquivam ou simplesmente deletam sem ao menos abrir.

É esse cuidado que as empresas precisam ter para uma abordagem efetiva, sendo necessário criar uma segmentação da base de contatos e adotar boas práticas para que os emails sejam relevantes e entreguem valor aos usuários.

Além disso, como veremos, é necessário ter a autorização do envio para clientes e leads, para que a sua campanha não seja caracterizada como spam.

Por que usar email marketing?

Existem vários motivos para uma empresa começar a adotar o email como plataforma principal da sua estratégia de marketing digital.

Confira a seguir três motivos para começar a usar o email marketing hoje mesmo:

É automatizável

Uma das principais vantagens do email marketing em relação a outras estratégias de marketing digital é que ele é totalmente automatizável.

Por meio dele, você não precisa gastar tempo com processos repetitivos e que tomam tempo (e dinheiro) da sua equipe.

Você pode automatizar várias etapas do processo, enviando emails para várias pessoas simultaneamente, sem grande esforço.

Além disso, diversos processos de coleta e processamento de dados são feitos de forma completamente automatizada.

Você não vai precisar analisar o perfil de cada um de seus clientes para saber em qual etapa do funil de vendas ele se encontra. A plataforma já faz isso pra você automaticamente.

O seu trabalho, a partir daí, é segmentar esses contatos em listas apropriadas, para que as pessoas recebam o email certo para o seu momento de compra.

Aumenta as vendas

Aumente vendas com email marketing

Outra grande vantagem do email marketing é que ele é capaz de aumentar as vendas da sua loja substancialmente.

São várias as estratégias utilizadas para atingir esse objetivo.

Uma delas é, por exemplo, um email de acompanhamento enviado para as pessoas que deixaram um carrinho abandonado na sua loja virtual.

Ao detectar um carrinho abandonado, a plataforma da ActiveCampaign envia um email automático para essa pessoa, relembrando a sua intenção de adquirir o produto e incentivando a voltar ao site e concretizar a compra.

Mas as estratégias para aumentar as vendas com email marketing não param por aí.

Por meio do email marketing, você oferece conteúdo relevante para sua base de assinantes enquanto educa sobre o seu produto ou serviço.

Com o tempo, você consegue qualificar os leads e garantir, até mesmo, a expansão dos negócios, também chamado de upsell.

Isso sem falar nos emails promocionais que você pode mandar em datas especiais com promoções e códigos de desconto quando precisar limpar o seu estoque.

Melhora o relacionamento com clientes

Se, por um lado, o email marketing é capaz de aumentar as suas vendas ao educar seus contatos com conteúdo relevante, por outro, ele ajuda a criar um relacionamento mais próximo com o cliente, estabelecendo uma relação de confiança.

Ao enviar conteúdo relevante e de qualidade para sua base de assinantes, você vai mostrar compromisso e seriedade por parte da sua empresa.

Isso vai aumentar a confiança das pessoas em relação a sua marca, fazendo com que fiquem mais próximas e se tornem clientes fiéis.

Um dos principais motivos para estratégia de email marketing surtir esse efeito é o fato de que é capaz tratar a pessoa que está recebendo pelo nome.

Quando você capta um email por meio das estratégias que mostraremos a seguir, você consegue o nome de cada assinante.

Com o auxílio de uma ferramenta como a ActiveCampaign, você consegue enviar emails personalizados, o que aumenta ainda mais a sensação de intimidade com a pessoa que está lendo.

Como conseguir emails?

Existem empresas que querem pular etapas e, por isso, acreditam que artimanhas como comprar uma lista de contatos é a melhor saída. Mas, na verdade, o nosso conselho é que você fuja desse tipo de estratégia (ou cilada)!

O ideal é que todas as empresas busquem construir uma base de contatos orgânica. Ou seja, fazendo com que seus clientes e leads se cadastrem para receber os emails ou que disponibilizem o endereço por meio de uma troca de interesses.

Para que esse público-alvo informe seus dados, é necessário que eles tenham uma relação de confiança com a marca ou, como mencionamos, que eles tenham algo a ganhar nessa troca.

Algumas ideias bastante utilizadas pelas empresas incluem oferta de materiais ricos, como ebooks, assinatura de newsletter, participação de eventos online, promoções, códigos de desconto, acesso a catálogos de produtos e serviços etc.

Muitas empresas utilizam, para isso, a solicitação do email no preenchimento de formulários, geralmente publicados em landing pages ou em pop-ups contextualizados.

Como fazer email marketing passo a passo

Como fazer email marketing

Certamente, você já conhece todas as vantagens que investir em email marketing pode trazer para sua marca. Então, deve estar com ainda mais ansiedade para começar a aplicar essa estratégia na sua empresa.

Mas como fazer email marketing de maneira otimizada e eficiente?

Com uma plataforma completa e simples de usar, como a ActiveCampaign, não é difícil. Você só precisa contar com as informações certas para se planejar.

Por isso, montamos um passo a passo muito simples de seguir. Esse guia vai ajudar você a planejar sua estratégia de email marketing do início ao fim.

Assim, você não esquece de nada e tem a certeza de estar fazendo tudo da melhor maneira possível. Veja só como é simples:

1. Escolha uma ferramenta de email marketing com bons recursos

Antes de mais nada, você precisa saber que o email marketing só é difícil de fazer quando você não conta com uma ferramenta de qualidade.

Sua plataforma de email marketing deve, por exemplo, ser capaz de:

  • segmentar contatos;
  • utilizar campos personalizáveis;
  • permitir fácil edição de modelos;
  • conter opções de automação.

Além disso, sempre é uma ótima ideia buscar uma opção que ofereça suporte, tanto para questões técnicas quanto sobre a melhor forma de utilizar a ferramenta.

Você encontra tudo isso e muito mais na ActiveCampaign.

Trata-se de uma plataforma completa, fácil de usar e integrada com as principais redes sociais, gestores de conteúdo e sistemas de ecommerce do mercado.

E o melhor: nossa equipe está sempre disponível para ajudar a extrair todo o potencial da ferramenta. Comece agora o nosso teste grátis.

2. Crie uma lista de emails segmentada

Lembre-se da regra de ouro do marketing de conteúdo: o foco das suas ações deve sempre estar no cliente ou cliente em potencial.

Sabendo que seus leads se encontram sempre em momentos diferentes – ou etapas distintas do funil de vendas – é importante que as comunicações enviadas não sejam todas iguais.

O recomendado é que você segmente suas listas, tanto por interesses quanto por etapa atual do lead no funil. Sempre tenha em mente que, enquanto alguns leads já estão prontos para a oferta de compra, outros precisam de mais informações primeiro.

Com ActiveCampaign, a segmentação das listas é muito simples.

Além de ser possível criar grupos distintos com os seus contatos, você também tem a opção de programar ações automáticas para cada momento.

Dica especial para quem ainda não tem uma lista de contatos

Construir uma lista de contatos pode ser, em si, um enorme desafio. No marketing digital, esse processo se chama captação de leads. Existem muitas estratégias diferentes que você pode adotar.

Como já mencionamos anteriormente, nossa principal dica é: nunca compre uma lista de contatos pronta.

Por mais desafiador que pareça, o ideal sempre é construir seus contatos do zero.

Isso porque as pessoas que não demonstram interesse nos seus serviços ou produtos não querem receber seus emails.

Dessa forma, se você entrar em contato com elas, suas comunicações serão caracterizadas como spam, o que definitivamente não é o objetivo.

Para captar leads da maneira correta, você precisa:

  • atrair o visitante para seu site;
  • oferecer algo de valor em troca dos dados de contato, como conteúdo relevante e original, cupons ou outras vantagens.

3. Defina o formato da sua campanha de email marketing

campanha de email marketing

Agora você já passou pela preparação inicial necessária e vai aprender como fazer email marketing.

Cada campanha ou ação precisará de um formato específico. Para escolher, você precisa saber qual será o objetivo dos emails enviados. Veja alguns exemplos:

  • newsletter com os últimos artigos do blog da empresa;
  • newsletter com novos produtos da loja online;
  • email sazonal anunciando uma oferta de Natal;
  • email parabenizando o lead pelo seu aniversário.

Note que alguns dos nossos exemplos possuem o objetivo de conversão em vendas (como o email sazonal e a newsletter com lançamentos da loja) e outros têm o objetivo de nutrição.

Com sua meta em mente, é muito fácil decidir qual é o formato ideal para a campanha.

4. Escolha o modelo do email marketing

Uma vez que o formato foi escolhido, você já deve saber qual será o conteúdo da comunicação enviada. Agora, basta escolher como essas informações serão apresentadas.

Montar um modelo do zero pode ser complicado, a não ser que você seja um web designer. Por isso, o ideal é contar com uma plataforma que disponibilize opções prontas e um editor visual, para que você possa personalizar tudo que precisa de maneira simples.

Nossas dicas para não errar no layout escolhido são:

  • respeite as cores e identidade visual da sua marca;
  • não encha o email de informações. Selecione o que é mais importante para criar um layout objetivo e limpo;
  • use a tipografia e cores de fontes a seu favor. É possível destacar informações apenas alterando o tamanho ou a cor.

5. Analise e crie o conteúdo do email

Essa é a parte mais importante para aprender como fazer email marketing. O conteúdo da mensagem é o que fará leads se tornarem clientes um dia!

Por isso, você precisa caprichar nesse passo. Evite textos grandes demais, em especial sem espaçamento entre os parágrafos. Use frases curtas e objetivas.

Lembre-se: sua meta com o email marketing deve ser fazer com que o lead siga um link. Seja ele para o blog, site, redes sociais ou loja online.

Dessa forma, falar um pouco sobre o conteúdo e criar um CTA (call to action ou chamada para ação) pode ser uma ótima estratégia. Veja esse exemplo:

“Guia completo para balancear a receita na sua empresa. Clique aqui e leia no nosso blog!”

Nesse caso, a ação desejada para a pessoa que está lendo é que ela siga o link até a publicação no blog. Então, não faria sentido trazer o guia todo incorporado no email.

Para saber qual é o conteúdo certo para seu email, faça as seguintes perguntas:

  • o que quero que o usuário faça após ler esse email?
  • o que estou divulgando nesse email?
  • quais são os atrativos ou vantagens que estou oferecendo para meus leads nessa comunicação?
  • como posso ressaltar essas vantagens para eles de maneira objetiva?

6. Escolha boas imagens 

 boas imagens e o email marketing

Depois de produzir o conteúdo, é hora de trazer algumas imagens para ilustrar tudo que está sendo dito no seu email.

Você pode ilustrar com fotos do seu produto, fotos de bancos de imagem ou uma arte feita por um profissional e que atenda às necessidades daquele conteúdo.

Independentemente de qual for a sua escolha, é fundamental que você tome cuidado para que as imagens sejam leves e que carreguem rápido.

Grande parte das pessoas visualiza seus emails por meio do celular. Nesse caso, imagens muito grandes podem distorcer o layout ou ter problemas para carregar.

Portanto, o mais interessante é sempre priorizar por opções otimizadas para o mobile, já que esse formato funciona bem tanto nos celulares quanto nos computadores. 

7. Tenha um bom CTA

Para que um email marketing funcione de fato é fundamental que se faça um bom uso dos seus CTAs (call to action ou chamada para ação).

Esse recurso deve ser interessante e chamativo e levar a pessoa que está lendo a clicar no link desejado e ser levado para a próxima etapa da sua estratégia de vendas. 

Use e abuse desse recurso para que sua lista de contatos acesse a sua loja, navegue por suas ofertas e realize compras.

Mas não se esqueça de que esse recurso também é muito útil para captação de leads em landing pages e outras etapas da sua estratégia de marketing.

Um bom CTA é capaz de te conseguir muito, desde um simples assinante de newsletter até um cliente fidelizado e que faz propaganda da sua empresa.

8. Defina suas metas e métricas que serão acompanhadas

Como alguém que empreende, certamente você já conhece a importância de acompanhar a performance de todos os aspectos da sua empresa. Quando o assunto é como fazer email marketing, isso não é diferente!

Para monitorar os resultados de perto, você precisa definir duas coisas: quais são suas metas com a campanha e como você pode medir a performance das ações.

Ou seja, você precisa definir quais são as métricas mais importantes para medir se seus emails estão atingindo o objetivo da campanha ou não.

Por exemplo, se sua meta é aumentar as vendas na loja online em 10%, uma métrica importante para acompanhar é quantos usuários clicaram nos links dos emails e quantos concretizaram compras por meio deste link.

Já se o objetivo é incentivar o engajamento nas redes sociais, um indicador essencial é quantos leads chegaram aos perfis por meio do email e quantos deles seguiram a página.

9. Envie suas campanhas com uma periodicidade definida

A frequência de envios é um dos pontos que mais gera dúvidas quando se está aprendendo como fazer email marketing. Infelizmente, não existe uma fórmula mágica para isso: tudo vai depender dos seus objetivos e do perfil do seu público-alvo.

No entanto, é importante definir uma periodicidade e se ater a ela. Principalmente se você está lidando com formatos de newsletters.

Os leads, ou clientes em potencial, esperam receber uma comunicação da empresa de tempos em tempos, uma vez que cadastraram seus dados para contato.

Se você demora muito para enviar emails ou os envia de maneira inconsistente, isso pode passar uma imagem pouco profissional. Lembre-se: seus objetivos devem sempre ser manter sua marca em evidência.

10. Faça testes com seu email marketing

teste seu email marketing

Os testes de desempenho são fundamentais para que você possa otimizar cada vez mais suas ações de marketing digital. Em especial as comparações A/B.

Esse teste  consiste em realizar um comparativo de performance entre duas campanhas diferentes ou duas versões diferentes da mesma campanha.

Usando indicadores como taxas de conversão, taxas de cliques e outras métricas importantes para seus objetivos, é possível entender melhor o que dá certo para seu público.

Fazendo testes constantes, cada campanha será mais eficiente do que a anterior!

11. Defina bons horários

Outra dica importante é definir bem os horários em que você pretende enviar o email, pois isso pode afetar diretamente as chances da sua mensagem ser ou não lida.

A escolha do horário adequado vai depender do tipo de conteúdo que você deseja enviar.

Se você quer enviar as principais notícias do dia sobre a área de atuação da sua empresa, por exemplo, então o enviar o email no período do final da tarde ou início da noite é mais apropriado.

Assim, seu conteúdo funciona como um resumo do que teve de mais importante do dia.

Por outro lado, se o email tem o propósito de desejar feliz aniversário para quem está lendo, então, mandar logo no começo do dia é a melhor opção.

Afinal, você quer passar a impressão de que foi um de seus primeiros contatos a lembrar dessa data tão especial.

Não importa qual é a sua estratégia na hora de escolher o horário para o envio dos emails, o fundamental é que você programe o horário do envio para aumentar as chances da sua mensagem ser lida na íntegra. 

Com a ActiveCampaign, você consegue programar o horário de envio dos emails da maneira que for mais conveniente para cada situação!

12. Acompanhe resultados

A campanha de email marketing não acaba após clicar no botão de envio. Na verdade, a maior parte do trabalho dessa estratégia vem depois disso.

Depois de enviar os emails, você deve monitorar a taxa de abertura dos emails, a taxa de cliques, a taxa de conversão e outros índices que a ActiveCampaign oferece.

Isso vai permitir que você faça uma análise da sua campanha e descubra se ela está ou não está conseguindo atingir os resultados esperados.

Caso ela não esteja, essa análise também vai permitir que você diagnostique o problema e elaborar outras estratégias para resolvê-lo.

Somente assim a sua campanha de email marketing trará resultados palpáveis para o negócio.

Os emails são uma ferramenta valiosa tanto para vender mais, quanto para nutrir relacionamentos e, mesmo com a alta das redes sociais, essa ainda é uma forma mais pessoal e personalizada de conversar com as pessoas que se interessam pelo que você vende.

Ao implementar essa estratégia com a ActiveCampaign, é possível acompanhar os resultados de perto e criar campanhas efetivas e que vendem mais. 

Como enviar uma sequência automatizada de email marketing

sequência automatizada de email marketing

Mesmo em empresas pequenas, fazer a gestão das campanhas de email marketing manualmente pode se tornar uma tarefa impossível muito rápido.

Isso porque você precisa considerar:

  • o perfil de cada lead;
  • o momento de cada lead no funil de vendas;
  • envios em datas especiais, como aniversários e feriados;
  • envios em resposta a ações, como compras, cadastro no site ou abertura de tickets de suporte;
  • hábitos de consumo, buscas realizadas e outros detalhes que ajudam na segmentação.

Com tudo isso para considerar, a automação de marketing acaba sendo fundamental. E automatizar não significa generalizar: as comunicações ainda devem ser específicas e pessoais.

A plataforma da ActiveCampaign possui todas as opções que você precisa para configurar uma sequência automatizada de emails, que engloba todas as etapas do funil de vendas.

Para enviar uma sequência automatizada de emails, você pode selecionar ações específicas como o gatilho para envio de emails. Alguns exemplos são o cadastro no site, buscas por produtos específicos na loja online ou a visita em determinadas páginas.

Se você tem interesse em criar sequências para o seu negócio, baixe agora o nosso Guia de sequências de emails com 5 opções completas para você personalizar e implementar: emails de boas-vindas, onboarding, carrinho abandonado, clientes recorrentes e reengajamento.

Comece agora a fazer email marketing grátis com ActiveCampaign

O melhor jeito de aprender é na prática! Por isso, disponibilizamos um teste gratuito da nossa ferramenta para você. Você só precisa se cadastrar para ter acesso a todas as funções da ActiveCampaign.

Nossa equipe de suporte também ficará à disposição para tirar suas dúvidas. Assim, você pode garantir que nossa opção atende a todas as necessidades da sua empresa.

Quais erros evitar ao fazer email marketing?

Confira agora alguns erros para evitar na hora de fazer email marketing:

Assunto longo demais

Um dos principais erros cometidos por quem está começando a enviar emails para seus clientes é criar um assunto de email longo demais.

A regra básica aqui é: o assunto do email não pode passar dos 47 caracteres!

Isso acontece porque a maior parte das plataformas de email não permite que o usuário veja assuntos maiores do que 47 caracteres sem antes clicar na mensagem em questão.

Nos casos em que o assunto supera esse valor, acontece do assunto ficar com os famosos três pontinhos, que não permitem que as pessoas leiam o título completo.

Portanto, sempre faça assuntos curtos em que a pessoa que assina a sua lista de emails possa ler por completo, pois isso aumenta as chances de ela clicar no conteúdo.

Nome do email incorreto

Outro erro comum é o nome da pessoa que está recebendo o email estar incorreto na hora do envio de mensagens personalizadas.

Você definitivamente não quer mandar uma mensagem de aniversário para a pessoa e tratá-la pelo nome errado. 

Portanto, na hora de coletar os emails para sua estratégia, certifique-se de que a pessoa informará os dados preenchendo um formulário e que os dados coletados conferem com seu banco de dados.

CTAs em excesso

Como vimos em tópicos anteriores, os CTAs são recursos importantes, porém é preciso ter moderação na hora de utilizá-los.

Isso porque, apesar de serem efetivos em conduzir quem está lendo para outras etapas do funil de vendas, eles podem ser irritantes, especialmente se interromperem muito o consumo do conteúdo que você está enviando.

É a mesma lógica dos comerciais de televisão. Quem não se incomoda com eles, não é mesmo? Eles são intrusivos e interrompem aquilo que estamos consumindo.

Quando estamos falando de estratégias de marketing via email, a regra é a mesma. Um CTA muito invasivo e que aparece demais ao longo da leitura acaba irritando a pessoa e fazendo com que ela desista do texto, em vez de incentivar o clique para realizar uma compra. 

Imagens ruins, pesadas ou sem definição

Já dissemos isso aqui antes, mas sempre é bom repetir: tome cuidado para que as imagens que você escolheu para ilustrar seu email sejam leves e adequadas ao formato.

Imagens muito pesadas demoram para carregar e podem atrapalhar a leitura do email, enquanto imagens fora do tamanho adequado podem distorcer o layout causando o mesmo efeito e fazendo com que a pessoa feche a mensagem.

Portanto, a dica aqui é utilizar layouts otimizados para mobile (pois esses formatos funcionam bem tanto no computador quanto no celulares) e escolher imagens leves e do tamanho adequado para o modelo utilizado.  

Desvios da norma padrão 

Os deslizes na gramática, popularmente chamados de “erros de português”, são muito comuns e ninguém está livre de cometê-los, tanto na ortografia e na pontuação quanto   nos aspectos que garantem coerência e coesão aos textos.

No entanto, quando estamos falando de mensagens para clientes, cometer esses desvios, especialmente em materiais promocionais ou especiais, não passa uma boa impressão.

Por isso, é essencial que você dê a devida atenção a esses detalhes.

O ideal é que você sempre realize uma revisão dos conteúdos, de preferência com algum profissional da área, pois assim você diminui drasticamente as chances de passar por situações como essa. 

Não fazer testes

Como vimos em outros momentos do texto, a maior parte do trabalho do email marketing não está na produção do conteúdo, mas na análise dos resultados.

É fundamental que você leia os relatórios e analise todos os índices que tem em mãos para descobrir o que está funcionando e o que não está funcionando.

Somente dessa forma você vai conseguir desenvolver soluções inteligentes e testá-las para ver qual delas funciona melhor.

A ActiveCampaign oferece a oportunidade de realizar testes A/B para descobrir qual versão de email funciona melhor.

Portanto, use e abuse dessa ferramenta, pois ela ajuda a atingir e replicar os melhores resultados.

Como usar ActiveCampaign para suas campanhas de email marketing

Começar a criar suas campanhas de email marketing com a ActiveCampaign é super simples. 

Veja nosso passo a passo:

1. Crie uma nova lista

Basta clicar em “adicionar lista”. Na janela que aparecerá, você só precisa inserir um nome para a lista, a URL para qual a lista será criada e um lembrete sobre o motivo do email para seus contatos.

Depois, é só clicar em “Adicionar”.

2. Adicione os contatos

Existem diferentes formas de adicionar contatos à sua lista. Nossa plataforma possibilita que você faça upload de um arquivo CSV, adicione os contatos manualmente ou importe-os de outros serviços.

Para importar arquivos CSV, é só ir para a aba “Contatos” e clicar no botão “Importar”. Selecione, então, o seu arquivo CSV. 

Você pode conferir nosso vídeo se quiser saber mais sobre como fazer a importação de contatos em arquivo CSV.

3. Crie sua campanha

Na aba de campanhas, clique em “Criar uma campanha”. Você poderá, então, escolher um nome e um tipo para sua campanha.

Ao clicar em “próximo”, será necessário escolher a lista de contatos para a qual os emails serão enviados. Nesse momento, você também pode escolher as segmentações da lista.

Nos próximos passos, você escolherá o formato e o design utilizados para a campanha. Não se preocupe. É possível fazer todas as modificações necessárias com um editor visual sem parar o processo da criação de campanha.

Clicando no ícone da engrenagem no topo do editor, você também pode configurar o assunto do email e outros detalhes importantes. Não deixe de revisar esses dados.

O último passo será revisar os dados da sua campanha. Confira se está tudo certo e pronto!

Bônus: exemplos de email marketing

Precisa de inspiração? A seguir, você encontra alguns emails bem estruturados e planejados para entender melhor como fazer email marketing! Confira:

email marketing da easy
Email da Easy Taxi com um cupom de desconto.
email marketing do extra
Email com estratégia de remarketing do Extra.
email marketing da predial
Email redigido com linguagem pessoal e links para artigos e redes sociais do Predial BR.

Perguntas frequentes sobre email marketing

Agora veja algumas perguntas frequentes sobre como fazer email marketing:

Quais as vantagens do email marketing?

As principais vantagens do email marketing são:

  • desenvolve relacionamentos com sua base de clientes;
  • disponibiliza métricas de abertura, clique e de erros;
  • tem um baixo custo quando comparado a outras estratégias de marketing digital;
  • é possível fazer segmentação de contatos e enviar mensagens personalizadas;
  • é uma estratégia de marketing não intrusiva, que só ocorre com a permissão do usuário.

O que é entregabilidade de email marketing?

Entregabilidade de email é o segundo passo do processo de envio e se resume a ação do seu email chegar até a caixa de entrada dos seus destinatários.
Trata-se de uma das métricas mais importantes para quem faz o envio de emails em massa, pois ela reporta quanto dos emails enviados de fato chegaram de fato até a caixa de entrada da sua lista de contatos. 

Como fazer emails não cairem no spam?

Existem seis medidas que você pode tomar para que seus emails não caiam na caixa de spam da sua lista de contatos. São elas:

  1. obter permissão dos leads e clientes;
  2. manter o link de descadastro nos seus emails enviados;
  3. enviar somente conteúdos relevantes;
  4. criar mensagens personalizadas;
  5. segmentar os leads por interesses e comportamentos;
  6. fazer a manutenção frequente da lista de contatos.

Conclusão

Agora você viu que a resposta para a grande questão “como fazer email marketing?” não precisa continuar sendo um mistério! Empresas de todos os tamanhos podem e devem se beneficiar desse recurso.

Tendo em mãos as informações certas e uma plataforma poderosa como a ActiveCampaign, esse processo se torna muito mais simples.

Não é preciso entender tudo sobre o mundo do marketing digital, e muito menos saber como utilizar códigos HTML e CSS para criar uma campanha incrível!

Além da facilidade de utilizar nossa ferramenta, você também pode contar com as melhores opções para automação, otimização e acompanhamento das suas campanhas.

Nesse artigo, você aprendeu passo a passo como fazer email marketing com sucesso. Certamente, suas campanhas daqui para frente serão muito mais eficientes.

Para aproveitar ao máximo as dicas deste artigo, não esqueça de testar nossa plataforma agora mesmo. É grátis e você pode conferir todas as funcionalidades da ActiveCampaign.

Comece agora o nosso teste grátis

E então, já se inspirou para começar suas campanhas de email marketing? Não esqueça de definir bem os objetivos e metas da campanha, segmentar seu público e produzir um conteúdo original e chamativo!