Call to action: 20 exemplos práticos e eficazes para usar

call to action: exemplos

Se você ainda está buscando entender o que é um call to action, exemplos são a melhor maneira de aprender mais sobre o assunto.

Por isso, separamos uma série de exemplos de calls to action que você pode utilizar hoje mesmo na sua estratégia de marketing digital. Boa leitura!

O que é call to action?

Call to action (chamada para ação, em português), mais conhecido pela sigla CTA, é uma mensagem que convida quem está lendo a fazer alguma ação, seja clicar em um link, preencher um formulário ou concluir uma compra.

O objetivo dos CTAs é incentivar as pessoas que estão consumindo algum conteúdo a pararem a leitura e desempenharem uma ação.

Na maior parte das vezes, essa ação se resume a clicar em um link que vai redirecionar para outra página da empresa, normalmente uma landing page com mais detalhes sobre os produtos, um formulário de inscrição em newsletters ou a própria página de compra.

Por isso, essas frases devem ser muito bem construídas e distribuídas dentro de um texto, de forma a instigar quem está lendo a realizar uma ação, sem que isso interrompa ou atrapalhe a leitura do conteúdo produzido.

Tipos de call to action

Os calls to action podem ser divididos, basicamente, em dois tipos: os CTAs primários e os CTAs secundários.

Eles se diferenciam entre si por conta do objetivo de cada um. Entenda mais a seguir:

CTAs primários

Os CTAs primários são aquelas mensagens que representam o objetivo final da sua página, ou seja, no caso de uma loja virtual, por exemplo, trata-se de botões como “compre agora” ou “adicionar ao carrinho”.

Em outras palavras, os CTAs primários são aqueles que tem como principal objetivo a conversão direta, trazendo lucro para empresa.

CTAs secundários

Já os CTAs secundários são aqueles voltados para páginas que possuem um foco secundário ou complementar ao objetivo da página de conversão.

Seguindo o mesmo exemplo da loja virtual, um CTA secundário poderia ser os links para conhecer produtos similares ao anunciado na página ou então um formulário de inscrição para uma newsletter ou para um código de desconto.

O objetivo do CTA secundário não é necessariamente vender o produto ou serviço da empresa, mas aumentar o relacionamento com o cliente, incentivando as pessoas a clicarem no link e a continuar interagindo com a sua marca.

Qual é a importância de um CTA?

Os CTAs são um recurso muito importante para que a sua estratégia de marketing seja capaz de direcionar as pessoas a fazer exatamente o que você precisa que elas façam, como uma espécie de instrução mesmo.

Esse recurso serve como um “empurrão final” para que as pessoas tomem a ação necessária para que você alcance o seu objetivo.

Ou seja, trata-se de um instrumento essencial para guiar as pessoas pelo funil de vendas, conduzindo ela até que concretize uma compra.

Um bom CTA é capaz de avançar leads por todas as etapas do funil, incentivando as pessoas a tomarem o próximo passo até que finalize esse estágio realizando a compra com a sua empresa.

Onde usar um call to action?

Onde usar um call to action

Você deve utilizar os calls to action sempre que possível na sua estratégia de marketing, contudo, é preciso ter atenção a alguns detalhes para que ele não acabe tendo um efeito contrário ao desejado.

Isso significa que é preciso ter moderação e utilizar os CTAs em lugares estratégicos ao longo do conteúdo que você está apresentando.

Especialmente se a sua estratégia envolve o uso do inbound marketing, você deve se atentar para que os seus CTAs não atrapalhem a leitura do material produzido.

Isso não quer dizer que as chamadas devem ser discretas. Na verdade, elas devem ser chamativas, porém não podem prejudicar o consumo de conteúdo.

Portanto, se você está produzindo um texto, por exemplo, ótimos lugares para posicionar o CTA são no começo do texto, logo após a introdução, e antes da conclusão. 

20 exemplos práticos de Calls to Action

Agora confira uma lista com 20 exemplos práticos de calls to action para você começar a utilizar hoje mesmo!

1. “Experimente grátis!”

Se a sua empresa oferece uma versão gratuita do produto ou serviço que comercializa, então esse tipo de CTA é fundamental para a sua estratégia de marketing.

Essa frase desperta nas pessoas o desejo de experimentar o seu produto, o que é uma das formas mais eficazes de conseguir novos clientes.

Certifique-se de que o seu teste grátis mostre de fato os diferenciais do seu negócio, pois assim as pessoas terão mais facilidade para decidir se vale a pena ou não negociar com você.

2. “Inscreva-se em X”

Esse tipo de CTA serve para estimular as pessoas a se inscrever em uma versão teste do seu produto, em um curso ou em um evento online.

Confira alguns exemplos:

  • “Inscreva-se no curso de marketing digital”;
  • “Inscreva-se no teste do nosso novo produto”;
  • “Inscreva-se no evento online para saber mais sobre o assunto”.

Tudo vai depender do contexto do CTA no anúncio do seu site e do que exatamente você está buscando com essa mensagem.

3. “Saiba mais sobre X”

O “Saiba mais” é para aquelas pessoas que já reconhecem que tem um problema, mas ainda não conhecem o seu negócio e a sua solução. 

Esse tipo de CTA serve para convidar as pessoas que ainda não conhecem a sua marca a entender mais sobre os produtos e serviços que a sua empresa oferece.

Normalmente, o “Saiba mais” deve redirecionar a pessoa para uma landing page em que todos os detalhes sobre a sua solução são explicados.

Mas não se engane, usar somente “saiba mais” não é o suficiente. Você deve ser um pouco mais específico para realmente chamar a atenção das pessoas.

Então, por exemplo, se você tem uma loja de tintas e quer falar sobre as suas ofertas de tinta acrílica e as vantagens de escolher esse produto, então pode usar um CTA como o seguinte:

  • “Saiba mais sobre as opções de tinta acrílica e suas vantagens”

4. “Entre em contato”

Esse tipo de CTA é para estimular as pessoas que já viram o que você tem a oferecer, gostaram, mas que ainda estão com algumas dúvidas.

O contato pode ser feito sem compromisso, apenas para que a pessoa conheça melhor o seu serviço, esclareça dúvidas e para que possa conversar com um vendedor que vai explicar melhor como a sua empresa funciona e como ela resolve problemas.

Esse tipo de chamada para ação pode ser utilizada em landing pages, emails, redes sociais e qualquer outro lugar onde a sua audiência esteja buscando por informações.

5. “Curta nossa página”

Exemplos práticos de Call To Action

Este CTA tem o objetivo de conseguir fazer com que as pessoas curtam tanto a publicação específica, quanto passem a seguir a sua empresa nas redes sociais.

Trata-se de uma forma de fazer com que as pessoas entrem em contato mais vezes com a sua marca e sejam mais impactadas pelo conteúdo que você produz.

Ou seja, trata-se de uma chamada para ação fundamental para que você consiga fidelizar clientes com mais facilidade.

6. “Compartilhe”

O marketing boca a boca ainda é muito relevante para as empresas e é parte fundamental das estratégias para aumentar a sua audiência.

Por isso, esse CTA é fundamental, pois as pessoas tendem a confiar mais em conteúdos compartilhados por amigos e conhecidos.

Trata-se de uma forma de utilizar a credibilidade de seus clientes para atrair mais olhares para a sua empresa e vender mais.

Mas você deve ir além de simplesmente pedir para que a pessoa compartilhe e facilitar esse processo adicionando botões que direcionam para ação automaticamente.

Você com certeza já deve ter visto exemplos disso no seu dia a dia na internet. Na maioria das vezes, um simples botão que permita que as pessoas enviem a página ou conteúdo diretamente por WhatsApp, por exemplo, já aumenta muito o compartilhamento.

Então decida quais botões você vai colocar nos conteúdos de acordo com a sua estratégia de marketing e com as redes sociais em que a sua empresa já está presente.

7. “Agende uma visita”

Esse tipo de CTA é bastante utilizado por empresas que possuem uma sede física e atendimento presencial, como imobiliárias, colégios, academias e outros negócios físicos em que é do interesse das pessoas visitar e conhecer o ambiente antes de tomar uma decisão.

Trata-se de uma forma de estimular as pessoas a conhecer a estrutura da sua empresa e conversar melhor pessoalmente sobre as oportunidades que a sua empresa oferece.

8. “Faça o download gratuito”

Esse tipo de CTA normalmente vem atrelado a um material rico que a sua empresa disponibiliza para download, como um ebook, um guia ou um modelo de planilha, por exemplo.

Trata-se de uma estratégia excelente, pois você pode colocar um formulário para que a pessoa preencha antes da disponibilização do material e, assim, conseguir um contato.

Mas lembre-se: para aplicar as estratégias de email marketing, é preciso ter a autorização da pessoa, então não se esqueça de deixar uma opção para que a pessoa aceite receber emails promocionais no formulário de inscrição.

9. “Compre agora”

Este CTA é muito útil para quando você estiver produzindo um conteúdo que esteja falando sobre um produto ou serviço da sua empresa.

Você deve posicionar essa chamada para ação logo após explicar as vantagens do seu produto, pois assim você aumenta as chances da pessoa clicar no link e realizar a compra.

10. “Leia este outro artigo sobre X”

Se a sua empresa está apostando em estratégias de marketing de conteúdo, é fundamental que você crie oportunidades para que as pessoas leiam outros conteúdos do seu site.

Dessa forma, sempre que possível, utilize os espaços de um blog post, por exemplo, para sugerir a leitura de outro conteúdo específico que faça sentido para aquela pessoa.

Isso é ideal para fazer com que as pessoas passem mais tempo no seu blog se relacionando com a sua marca.

Por exemplo, neste texto, estamos vendo alguns exemplos de CTAs práticos para se fazer. Mas se você quiser se dedicar ainda mais ao assunto, então leia este outro artigo em que falamos de CTAs de maneira ainda mais aprofundada:

Call to action: o que é, exemplos e como criar um

11. “Inscreva-se na newsletter”

As newsletters são conteúdos que são enviados regularmente para pessoas que voluntariamente se interessam pela sua empresa e preenchem um formulário autorizando o envio de emails com conteúdo.

Enviar newsletters regularmente é uma forma de criar um contato mais próximo com a sua audiência e mantê-la engajada pelo contato via email.

Portanto, se a sua empresa atua com uma estratégia de newsletter, é fundamental inserir chamadas para ação que incentivem as pessoas a se inscreverem na sua lista de contatos.

Mas lembre-se: você deve ser criativo e não deve se prender a esse formato específico de “inscreva-se na newsletter”.

Você pode usar os CTAs para sugerir a mesma ação com outras frases, como:

  • “Quero receber novos conteúdos”;
  • “Envie-me atualizações”;
  • “Quero receber mais novidades”.

12. “Visite nosso site”

Um dos exemplos de call to action é o "Visite nosso site"

De todas as chamadas para ação que já citamos até aqui, essa talvez seja a mais utilizada pelas empresas.

A ideia é levar as pessoas a visitar uma determinada página do seu site, o que, em um primeiro momento, pode parecer algo simples, mas que, se não for bem trabalhada, pode acabar convertendo bem menos do que o esperado.

Para esse tipo de CTA, faz sentido oferecer uma boa oferta ou desconto como isca para atrair as pessoas para o seu site.

13. “Participe e ganhe recompensas”

Os CTAs conseguem ser mais atrativos quando estão ligados a um programa de recompensas ou quando há a possibilidade de ganhar brindes ou outros benefícios.

Sua empresa pode oferecer, por exemplo, um código de desconto exclusivo para as pessoas que clicarem no CTA como forma de incentivo.

14. “Conheça nossa empresa”

Esse CTA é indicado para se comunicar com as pessoas que estão mais interessadas em conhecer o portfólio da sua empresa, ou seja, seus trabalhos anteriores, do que saber necessariamente como o seu serviço funciona.

Trata-se de uma opção de chamada para ação que incentiva as pessoas a conhecerem um pouco mais da sua empresa antes de tomar uma decisão.

O ideal é que, ao clicar nesse CTA, a pessoa seja levada para uma página em que vai conhecer mais sobre a sua empresa, suas soluções e os resultados que você já entregou no passado.

15. “Vamos começar um projeto juntos?”

Este CTA é uma forma simples e descontraída de propor o seu serviço para as pessoas e mostrar que elas não estão simplesmente fazendo uma compra, mas sim uma parceria.

Se você tem uma firma de arquitetura, por exemplo, pode utilizar algo como “vamos construir a sua casa dos sonhos juntos?”.

Trata-se de uma forma de trazer mais personalidade para a comunicação, aproximando as pessoas da sua empresa e aumentando as chances de fechar negócio.

16. “Aproveite por tempo limitado”

Esse tipo de CTA é focado completamente no funil de vendas e serve para acelerar a tomada de decisão das pessoas que estão considerando comprar seu produto ou serviço.

Isso porque ele trabalha o gatilho mental da urgência, ou seja, mostra que a hora mais vantajosa para fechar negócios é agora.

Lembrando que esse tipo de chamada para ação, para que funcione, deve apresentar uma oferta que é válida por apenas um período de tempo.

De tempos em tempos, você pode utilizar a estratégia novamente, só nunca cometa o erro de utilizar esse CTA apresentando uma oferta que não é realmente por tempo limitado.

17. “Apenas X unidades restantes”

Esse tipo de CTA segue a mesma linha do anterior, contudo, em vez de utilizar o gatilho da urgência, utiliza-se do gatilho da escassez.

A ideia é passar a impressão de que se a pessoa não agir rapidamente, ela perderá a oportunidade de comprar, pois não haverá mais unidades em pouco tempo.

18. “Avise-me quando estiver disponível”

"Avise-me quando estiver disponível" é um dos exemplos de call to action

Muitas vezes, as pessoas se interessam por um produto ou serviço da sua empresa e querem comprar, mas, ao chegar na sua página de vendas, descobrem que a solução não está mais disponível no momento.

Existem várias razões para isso acontecer, como falta do produto no estoque, turmas cheias, agendas lotadas, entre outros.

O fato é que, daqui algum tempo, o seu produto ou serviço estará novamente disponível para as pessoas e você não pode perder esse potencial cliente.

A solução para esse problema é criar um call to action convidando a pessoa a preencher um formulário para que possa ser notificada quando seu produto ou serviço estiver disponível novamente.

19. “Avalie sua compra”

Esse call to action é um dos mais importantes para que as empresas consigam coletar o feedback de seus clientes e possam implementar mudanças. 

Você deve inseri-lo sempre ao final de uma compra ou no email de confirmação de entrega.

Dessa forma, as pessoas têm uma forma fácil de avaliar o atendimento que tiveram e você pode utilizar essas informações para melhorar a sua operação.

20. “Quero X” vs “Não gosto de Y”

Por fim, esse modelo de chamada para ação, no estilo “faça uma escolha”, normalmente é utilizado em pop-ups, ou seja, aquelas janelas que abrem automaticamente ao entrar em uma página.

O objetivo desse CTA é oferecer uma escolha: concordar em receber um benefício ou ativamente afirmar que não o quer.

A grande diferença desse tipo de CTA dos demais é que a pessoa pode simplesmente ignorar o CTA e fingir que não viu.

Trata-se de uma excelente escolha para conquistar o contato de pessoas que se encontram no topo do funil de vendas, principalmente quando a ação de concordar não exige um grande comprometimento.

Por exemplo, uma loja de livros que tem uma newsletter pode programar uma pop-up convidando as pessoas a assinar o periódico da seguinte forma:

“Assine a newsletter e receba as últimas novidades do mundo da literatura:

  • Opção 1: Quero receber as novidades!
  • Opção 2: Não gosto de ler.”

Dicas para ter um call to action eficaz

Agora confira algumas dicas para fazer um call to action eficaz:

  • Analise a posição do CTA: como vimos, os CTAs devem chamar a atenção de quem está lendo e, ao mesmo tempo, não podem atrapalhar a leitura do conteúdo, portanto, escolha um local adequado para posicioná-lo;
  • Utilize o senso de urgência: CTAs que exploram o gatilho da urgência costumam chamar mais atenção das pessoas, aumentando as chances de conversão;
  • Tenha em mente a persona: para que um CTA seja eficiente, ele precisa conversar com a sua audiência, ou seja, utilizar a mesma linguagem e oferecer exatamente o que as pessoas precisam no momento.

Conclusão

Neste texto, vimos a importância do call to action, exemplos e dicas de como construir chamadas para ação efetivas e capazes de converter.

Os 20 exemplos presentes neste artigo são um caminho que a sua empresa pode seguir, mas é importante adaptá-los e usar a criatividade para criar soluções adequadas para o seu negócio.

Outra solução que pode ajudar você a atingir mais pessoas e vender mais são as plataformas de automação da ActiveCampaign. Teste grátis por 14 dias!

Comment section