Marketing de afiliados: quais são suas vantagens e como trabalhar com isso?

Entre tantos formatos de marketing, a opção de afiliados pode ser um pouco conhecida para os empreendedores. Ela é uma alternativa totalmente nativa da internet e, ultimamente, tem ganhado bastante força.

E as próprias pesquisas mostram isso: um levantamento do Business Insider revelou que o marketing de afiliados, desde 2015, tem crescido em uma proporção de 10% ao ano.

Não é à toa que muitos empreendedores têm iniciado suas atividades na internet com o marketing de afiliados. Mas você entende exatamente como ele funciona? Quais são as vantagens de apostar nesse formato?

A seguir, vamos mostrar tudo que você precisa saber para se tornar um e até mesmo como é possível fazer isso com a ActiveCampaign. Acompanhe!

O que é marketing de afiliados?

Basicamente, o marketing de afiliados é uma forma de divulgação em que o produtor convida terceiros para promoverem seus produtos em troca de uma comissão sobre as vendas feitas.

Na prática, acontece assim: uma empresa vai lançar um produto na internet. Mas para que ela consiga chegar a outras pessoas, ela vai investir em marketing.

Uma das formas de impulsionar as vendas é contando com os afiliados. Ou seja, pessoas que vão divulgar o produto nos mais diversos canais de comunicação e, assim, gerar mais vendas para o negócio, ao mesmo tempo que recebem por isso.

Ou seja, é um tipo de marketing em que uma empresa paga a outra pessoa para contribuir na divulgação. Dessa forma, é uma relação de ganha-ganha para as duas partes.

Sistemas do marketing de afiliados

O marketing de afiliados pode ser dividido em três grandes etapas: a atração, a venda e a recompensa. Durante esse processo, existem alguns personagens que fazem parte para que esse negócio funcione.

São eles o comerciante, o afiliado, o consumidor e a rede. A seguir, vamos explicar o que cada um significa e como participa desse modelo de marketing!

Comerciante

O comerciante, também chamado de vendedor, é a empresa que está vendendo algum produto ou serviço.

Ela leva também o nome de produtor justamente porque é ela quem produz o que vai ser comercializado e vai ser responsável por contratar o próximo personagem: afiliado.

Afiliado

O afiliado é a pessoa que irá promover o produto do comerciante, ou seja, “vestir a camisa” da empresa.

Em troca, ele recebe uma porcentagem de cada venda feita por meio dos seus esforços. Por isso, são considerados também como um tipo de funcionário comissionado dos vendedores.

Consumidor

O consumidor é, finalmente, a pessoa que compra o que o afiliado está vendendo. Naturalmente, ele também pode ser chamado de cliente.

Aqui não há muita diferença em relação ao que já conhecemos nesse papel: é alguém interessado em comprar o produto ou serviço da empresa. Por essa razão, ele representa o “fim da linha”, ou seja, aquela pessoa que vai fechar o negócio!

Rede

Em último lugar, há também o conceito de rede de marketing afiliado. Ela nada mais é do que uma organização que reúne comerciantes e comerciantes filiados em um único espaço.

Ou seja, ela faz o trabalho de “matchmaking”, sendo um intermediário entre o afiliado e o comerciante. Embora não seja uma pessoa, desenvolvê-la é fundamental para esse processo.

Isso acontece porque, na maioria dos casos, é difícil para um comerciante chegar a um afiliado, e vice-versa. As redes de marketing afiliadas existem justamente para facilitar estas ligações.

Quais são os benefícios do marketing de afiliados?

Benefícios do marketing de afiliados

Mas afinal, vale a pena fazer marketing de afiliados? Sim. E existem várias razões para que isso seja verdade. Em geral, o marketing afiliado tem as principais vantagens:

  • Poder de escolha do nicho de trabalho;
  • Liberdade para atividade remota;
  • Possibilidade de ser empreendedor;
  • Baixo custo de investimento;
  • Possibilidade de exercer outras atividades;
  • Relação de ganha-ganha.

Nos próximos tópicos, vamos trabalhar esses benefícios para que você possa entender melhor.

Poder de escolha do nicho de trabalho

No marketing de afiliados, as pessoas têm liberdade de trabalhar na área que mais a interessa. Na verdade, é possível escolher exatamente com quais produtos e empresas se quer trabalhar.

Para isso, basta que o divulgador defina os seus principais interesses e os una com a demanda do mercado para saber em qual nicho se encaixa. 

Após isso, basta procurar pelos programas de marketing afiliados que mais combinam com os seus objetivos.

Liberdade para atividade remota

Outro ponto interessante é a possibilidade de trabalhar remotamente. Como o marketing afiliado é feito pela internet, não há a necessidade de estar em um determinado lugar para fazer a divulgação do produto.

Isso torna essa modalidade ideal para quem quer trabalhar em casa, por exemplo, ou mesmo para quem viaja muito. Basta que haja um computador e uma conexão com a internet para que tudo funcione perfeitamente.

Possibilidade de ser empreendedor

O marketing de afiliados também é uma ótima oportunidade para quem quer trabalhar por conta própria. Afinal, ao se tornar um afiliado, você passa a ser um empreendedor digital que atua de forma independente.

Por isso, se torna uma porta de entrada para quem quer empreender. Esse tipo de marketing é uma ótima maneira de desenvolver uma visão de negócio e perceber oportunidades, o que vai ser um ótimo para outros produtos ou outros projetos.

Baixo custo de investimento

Seguindo com as vantagens, não podemos esquecer que o marketing afiliado tem o benefício de ser uma alternativa para quem quer começar um negócio com pouco investimento.

Isso se deve ao fato de não haver custos para a criação do produto — afinal, não é sua responsabilidade — e nem para a manutenção de um espaço físico como uma loja, por exemplo. Você só precisa se preocupar em vender!

Possibilidade de exercer outras atividades

Ainda vale destacar que o marketing afiliado pode ser uma boa maneira de complementar a renda. 

Afinal, uma das principais vantagens é a liberdade para trabalhar em casa como falamos, e, consequentemente, deixar o tempo livre para outras atividades.

Por isso, quem tem um trabalho presencial pode investir em marketing afiliado para aumentar a renda mensal. Além disso, quem já tem um negócio online pode usar o marketing de afiliados como uma forma de diversificar as fontes de renda.

Relação de ganha-ganha

Para finalizar, vamos reforçar um grande benefício do marketing por afiliação: é vantajoso para ambos os lados. Estamos falando de uma via de mão dupla, em que todos saem ganhando.

Por um lado, o produtor tem acesso a uma nova forma de divulgação e pode alcançar um grande número de potenciais clientes.

Por outro lado, o afiliado pode ter uma boa renda mensal, trabalhando de forma independente e com liberdade para escolher os produtos que quer divulgar!

Quais são os tipos de divulgação para afiliados?

Tipos de divulgação no marketing de afiliados

Agora que você já sabe o que é marketing de afiliados e alguns dos seus principais benefícios, chegou a hora de aprender como funciona a divulgação dos produtos.

Na verdade, existem diversas formas de fazer a divulgação de um produto, mas as mais populares são:

  • Custo por Ação (CPA);
  • Custo por Venda (CPV);
  • Custo por Clique (CPC);
  • Custo por Mil Impressões (CPM);
  • Custo por Formulário (CPF).

A seguir, entenda como elas se diferenciam!

Custo por Ação (CPA)

O Custo por Ação é uma modalidade de marketing de afiliados na qual o anunciante paga uma comissão para o afiliado sempre que um usuário realizar uma ação específica, que pode ser um cadastro ou uma compra.

Ou seja, não basta o clique, é preciso fazer qualquer tipo de ação dentro da página. Por exemplo: imagine que você seja afiliado a um site de cursos e faça a divulgação de um anúncio para um curso específico.

Se alguém clicar no seu link e, em seguida, comprar o infoproduto, você ganha uma comissão por essa ação. Mas se a ação for se cadastrar para ganhar um ebook e isso for feito, o afiliado também recebe por isso, percebe?

Custo por Venda (CPV)

O Custo por Venda é aquela modalidade em que o anunciante só paga uma comissão para o afiliado quando um produto realmente for vendido.

Essas compras precisam acontecer por meio de links ou códigos gerados, associando a transação com o afiliado. Por exemplo: imagine que você seja afiliado a uma empresa que vende pacote de viagens.

Se alguém clicar no seu link e comprar um pacote, você recebe uma comissão por isso. Já se a pessoa apenas entrar na loja e navegar, não recebe nada.

Custo por Clique (CPC)

O Custo por Clique é uma modalidade em que o anunciante paga uma comissão para o afiliado toda vez que um usuário clicar em seu link, não importando o que ele vai fazer depois disso.

Basicamente, sempre que divulgar um link e alguém entrar, você recebe por isso. Vamos imaginar que você esteja divulgando um produto de uma loja virtual, como um par de tênis.

Sempre que alguém clicar no seu link para ver o produto na loja, você recebe uma comissão pelo clique. Esse é um modelo de filiação em que o retorno financeiro é mais rápido.

Custo por Mil Impressões (CPM)

O Custo por Mil Impressões é uma modalidade de marketing afiliado em que o anunciante paga para o afiliado toda vez que seu link for exibido mil vezes. Por isso, se baseia em um valor fixo.

No geral, ele costuma ser usado apenas para anúncios em banner de publicidade.

É bem simples: imagine que você tem um blog e decide divulgar um produto para o seu público. Você insere o link na postagem e, a cada mil visualizações que ela tiver, recebe uma comissão definida pelo anunciante.

Custo por Formulário (CPF)

O Custo por Formulário é uma modalidade de marketing afiliado em que o anunciante paga para o afiliado toda vez que um formulário é preenchido.

 No geral, ele está ligado a uma landing page, onde o usuário preenche os seus dados para receber algo em troca.

Por exemplo, vamos supor que você tenha um blog e, para alavancar ainda mais as vendas, o anunciante resolve oferecer um ebook gratuito para os seus leitores.

Para isso, é possível criar uma landing page e inserir esse link em cada postagem. Sempre que um leitor clicar nesse link e preencher o formulário para receber o ebook, você ganha uma comissão.

Como funcionam as plataformas de marketing de afiliados?

As plataformas de marketing de afiliados são sites especializados na divulgação de produtos e serviços.

Eles funcionam como uma ponte entre o anunciante e os afiliados, oferecendo um ambiente seguro para a realização das campanhas e acompanhamento dos resultados.

Nelas, é possível encontrar os tipos de anúncios e ofertas, facilitando bastante o processo de busca pelo produto ideal para a divulgar.

Programa de Afiliados da ActiveCampaign

A ActiveCampaign é uma plataforma de Customer Experience Automation que oferece diversas ferramentas para automatizar e melhorar a comunicação com os seus clientes.

O Programa de Afiliados da ActiveCampaign é uma forma de empreender e ganhar ao divulgar os nossos produtos.

Com ela, para cada cliente que converter em seu link de indicação gratuito, pagaremos a você um mínimo de 20% do preço de inscrição pago.

E o melhor: basta se inscrever para obter seu link único e indicar para seus contatos a melhor plataforma de automação de marketing!

Seus clientes, seguidores e amigos vão descobrir, por você, como expandir seus negócios, reunindo o email marketing, a automação e o CRM, com a plataforma de Customer Experience Automation da ActiveCampaign!

Participe do Programa de Afiliados da ActiveCampaign hoje mesmo!

Marketing de afiliados é seguro?

O marketing de afiliados é uma forma extremamente segura de divulgar produtos e serviços. Isso se dá porque os anunciantes só pagam pelos resultados, ou seja, pelas vendas online geradas.

Além disso, as plataformas de marketing de afiliados oferecem um ambiente seguro para a realização das campanhas e o acompanhamento dos resultados.

Nelas, é possível encontrar os tipos de anúncios e ofertas, facilitando bastante o processo de busca pelo produto ideal para a divulgar.

No marketing de afiliados, todos os riscos ficam por conta do anunciante. O afiliado só precisa se preocupar em gerar tráfego qualificado e converter esse tráfego em vendas.

Por isso, marketing de afiliados é uma ótima opção para quem quer ganhar dinheiro na internet!

O que fazer para ser um afiliado digital?

Para ser um afiliado digital, você precisa se inscrever em uma plataforma de marketing de afiliados e obter o seu link único. Depois, basta divulgar esse link para o seu público e, a cada venda gerada, você receberá uma comissão.

As plataformas de marketing de afiliados são responsáveis por todo o processo, desde a divulgação do produto até a cobrança da comissão.

Por isso, é importante escolher uma plataforma de marketing de afiliados confiável e que ofereça produtos e serviços de qualidade.

Quais são os canais mais utilizados para divulgação?

Principais canais de divulgação do marketing de afiliados

Os canais mais utilizados para a divulgação de produtos e serviços pelos afiliados acontecem no meio digital, como o email marketing, as redes sociais e os blogs. Veja como cada um deles é aproveitado!

Email marketing

O email marketing é uma das principais ferramentas utilizadas pelos afiliados para divulgar produtos.

Com ele, é possível enviar ofertas para uma lista de contatos qualificada, ou seja, pessoas que já demonstram interesse pelo tipo de produto que você está divulgando.

Para isso, basta criar uma campanha bem segmentada e fazer com que as pessoas cadastrem seus emails. Com os dados do seu público, fica mais fácil criar uma campanha direcionada e aumentar as chances de vendas.

Redes sociais

As redes sociais são um ótimo canal para a divulgação. Estamos falando de um público de quase 5 bilhões de usuários, segundo o Statista, espalhados no Twitter, Facebook, Instagram, TikTok, entre outros.

O potencial de marketing nesse espaço existe porque é possível criar conteúdos direcionados para o seu público-alvo e aumentar o engajamento com a sua marca.

Além disso, as redes sociais são um meio de criar relacionamentos com o seu público. Com isso, fica mais fácil fidelizar clientes e aumentar as vendas do produtor por meio do seu marketing.

Blog

O terceiro canal bastante usado pelos afiliados são os blogs. Um blog pode ser uma ótima forma de gerar tráfego qualificado para a plataforma de marketing de afiliados.

Isso acontece porque, com um blog, você pode criar conteúdos explicativos sobre o produto que está divulgando e, assim, atrair pessoas interessadas nesse tipo de solução.

Para isso, basta escolher um tema relevante para o produto que você está promovendo e começar a escrever os seus textos. 

E, claro, não esqueça de divulgar o blog nas redes sociais para aumentar o alcance. Afinal, nada impede você de cruzar os canais!

Como trabalhar com marketing de afiliados? Passo a passo

Passo a passo para trabalhar com marketing de afiliados

Para que você tenha sucesso como um afiliado digital, vamos trazer algumas dicas para ajudar você a trabalhar com esse tipo de marketing. Veja a seguir!

Pesquise e escolha um programa de afiliados

A primeira dica é: pesquise e escolha um programa de marketing de afiliados que seja relevante para o produto que você quer divulgar.

 Afinal, uma das vantagens desse formato de empreendimento é ser uma oportunidade de vender algo do seu interesse, certo?

Portanto, aproveite para optar por um nicho de mercado que gosta. Para isso, basta entrar em sites de afiliados e analisar as ofertas. Avalie a comissão, o produto, o público-alvo e a plataforma.

Além disso, fique de olho na reputação das empresas com as quais pretende trabalhar. A melhor maneira de fazer isso é pesquisando o nome da companhia no Google e conferindo as avaliações dos outros afiliados.

Invista nos canais de divulgação certos

Como falamos, você pode explorar os mais diversos canais. Mas isso não significa que você precisa estar presente em todos. É fundamental ter pelo menos dois que funcionam bem e tem gerado, de fato, conversão.

A melhor forma de escolher os canais certos é entendendo seu público-alvo. Se você o conhece bem, também entende onde ele vai procurar pelo produto ou serviço que você vende.

Por exemplo, se você pretende divulgar um infoproduto como curso de educação financeira, os blogs e YouTube devem estar entre os seus principais canais. Nesse contexto, desenvolver a presença nesses canais será a escolha mais inteligente.

Tenha uma estratégia de conteúdo

Independentemente do canal que você estiver priorizando para chegar no seu público, não esqueça: tenha uma estratégia de conteúdo.

Isso significa que você precisa ter um plano para os seus textos, vídeos ou qualquer outro tipo de material. Para isso, pense quais são os principais temas relevantes para o seu público e desenvolva um cronograma para tratar de cada um deles.

Ter uma estratégia de conteúdo é importante para manter a qualidade do material que você vai divulgar. Além disso, isso ajudará você a não ficar sem assunto e ter mais foco nos seus objetivos.

Considere anúncios e mídia paga

Em alguns segmentos e contextos, pode valer a pena usar o tráfego pago. No entanto, há programas de afiliados que têm publicidade registrada, como limitar algumas palavras chaves para campanhas de email marketing ou nas redes sociais.

Respeitando essas regras, apostar no uso de anúncios, principalmente na fase inicial de um negócio, é interessante, pois é um momento em que não existe uma base de leads. Porém, é preciso de estratégia!

Nesse caso, fica a seu critério decidir usar a mídia paga para gerar tráfego para seus links de afiliados. Além disso, vale lembrar: antes de anunciar, desenvolva um bom conhecimento sobre marketing digital, para não perder o investimento.

Use de estratégias de email marketing

Em último lugar, não podemos esquecer do email marketing. Essa é uma ferramenta interessante para afiliados, pois você já tem um público qualificado para receber suas ofertas.

O ideal é que você crie uma base de leads, com pessoas que se cadastrem em algum momento para receber um conteúdo seu. A partir daí, basta usar a automação de marketing para enviar as mensagens certas, na hora certa.

Com isso, você pode ter uma comunicação mais direta com o seu público, o que aumenta as chances de vendas!

Conclusão

Marketing de afiliados é uma ótima maneira de gerar renda online, desde que você escolha um programa relevante, invista nos canais certos e tenha uma estratégia de conteúdo.

Além disso, não deixe de usar a mídia paga e o marketing por email para maximizar as suas chances de sucesso.

Se você está procurando uma empresa para trabalhar marketing de afiliados, que tal testar grátis por 14 dias nossa plataforma e ver como vale a pena fazer parte do nosso Programa de Afiliados? Comece agora! 

Comment section