Por que a página de vendas é importante para seu negócio? Veja os principais elementos e como criar!

Todo mundo que tem uma estratégia de marketing digital precisa entender sobre o papel da página de vendas nela.

Não importa se você quer vender um produto, abrir vagas para um curso ou oferecer um workshop.

Qualquer propósito de conversão precisa de uma importante estratégia para converter o público, como é o caso desse tipo de landing page.

O grande propósito dela é chamar atenção de quem está lendo, mostrar os benefícios do que você está oferecendo e, claro, convencer a pessoa a comprar.

Se você quer usar as páginas de vendas ao seu favor, ler esse artigo vai ajudar você com isso. Boa leitura!

O que é uma página de vendas? 

Uma página de vendas é uma página que tem como foco converter as pessoas que a visitam em compradores, ou seja, seu objetivo é vender.

Ela é um dos formatos de landing page que existem e faz parte da etapa final da jornada do cliente. Diferente de outros tipos, ela serve para apresentar um produto ou serviço e, assim, fechar uma venda.

A ideia é que ela conceda uma descrição muito mais detalhada daquilo que você está oferecendo, apresentando todos os diferenciais e, ao mesmo tempo, gerando maior valor de venda.

Por se tratar do último momento anterior à compra, todo o conteúdo desta página de conversão é fortemente persuasivo, afinal, a finalidade dessa página é direcionar uma pessoa a tomar essa decisão.

No entanto, embora leve esse nome, não é na página de vendas que a transação acontece. 

Caso tenha interesse em finalizar a compra, o lead vai, então, ser levado para o checkout, local onde serão preenchidos dados de pagamento para, assim, a compra ser feita.

Em uma analogia bastante simples do cotidiano, essa página é como se fosse uma pessoa vendedora de uma loja física, que vai mostrar o produto e todos os seus benefícios ao visitante. 

Já a página de checkout seria justamente a pessoa que opera o caixa, ou seja, quem vai receber o pagamento e, então, entregar o produto ao cliente.

Quando usar uma página de vendas?

Como falamos, essa página se configura como um ambiente digital totalmente focado nas características, benefícios e diferenciais do seu produto ou serviço. 

Mas afinal, do ponto de vista prático, em que situações vale a pena montar uma página de vendas para convencer pessoas a comprar?

É possível usar essa página de conversão para várias finalidades. Entre elas, podemos destacar:

  • venda de um produto físico ou um infoproduto;
  • compra de um curso ou um treinamento online;
  • inscrição para um evento ou workshop presencial.

Qual é a importância de se ter uma página de vendas?

Qual a importância da página de vendas?

A página de vendas tem como objetivo convencer alguém a comprar algo. Isso por si só já revela a importância dessa página, afinal, sua meta é vender.

A seguir, vamos falar sobre as três principais vantagens de investir, para o seu negócio, em uma landing page focada em vender. 

Contribui para uma maior taxa de conversão 

O benefício mais óbvio da página de vendas é que ela ajuda seu negócio a vender mais.  Na verdade, esse é o principal ganho desta página: ela aumenta a sua taxa de conversão.

Ao mesmo tempo, ter uma página de vendas amplia a confiança das pessoas na sua marca, pois você está investindo em uma página inteira apenas para apresentar o que você vende.

Ao oferecer todas as informações importantes sobre o que você está vendendo, ela pode funcionar como aquilo que faltava para encantar o seu lead. Assim, vai aumentar a conversão de visitantes em clientes.

Serve como um portfólio online do seu produto

Por mais que as pessoas cheguem em você por diferentes canais, essa página é a melhor maneira de divulgar e ao mesmo tempo  vender seu produto ou serviço.

Isso acontece porque, ao contrário das redes sociais, não há limite de caracteres ou de espaço. Você pode fazer uma página de conversão do tamanho que for preciso para divulgar da melhor maneira possível o que você está vendendo.

Com isso, ela se torna uma forma de criar portfólio online para todo e qualquer produto que você queira vender. Além disso, a página pode dar mais credibilidade ao seu negócio, principalmente se ela for muito bem estruturada e completa.

Vende para quem realmente se interessa

Em último lugar, e talvez sendo uma vantagem menos percebida,  a página de vendas faz com que você venda para quem realmente se interessa pelo seu produto ou serviço.

Por mais que existam outros filtros anteriores, ela também funciona como uma maneira de filtrar quem realmente quer comprar com você. 

Se você oferece um curso online sobre finanças para educadores, é importante que isso fique claro. Para pessoas que querem apenas aprender sobre como se educar financeiramente, esse curso não é o mais adequado.

Isso é crucial para garantir que o público errado não compre, principalmente se ele tiver chegado sem passar por outros estágios. Assim, você evita pessoas insatisfeitas e que podem, eventualmente, divulgar negativamente seu produto.

O que deve ter em uma página de vendas? 

Agora que você entendeu todos os motivos pelos quais vale a pena investir nessa página de conversão, está na hora de falar, finalmente, o que é preciso ter nela.

Como você sabe, essa página serve para explicar mais sobre o produto, tirar as dúvidas ou objeções, explorar gatilhos mentais como prova social e, claro, apresentar todas as formas de pagamento e todas as garantias. 

A seguir, vamos mostrar os principais elementos que vão ajudar com que sua página seja completa. Acompanhe!

Título objetivo e chamativo 

Toda e qualquer página precisa ter um título. Em uma página de vendas, isso não seria diferente.  É importante, ainda, que ele seja o mais claro, objetivo e chamativo o possível.

Ser chamativo é fundamental pois uma das principais missões desse título é convencer o visitante a não ir embora. Você precisa chamar atenção de quem está lendo para que essa pessoa queira continuar navegando na página.

É importante também que o título resume o que vai ser visto na página mas, ao mesmo tempo, desperte curiosidade. Você precisa criar uma conexão entre o título e todo o texto persuasivo que será escrito.

Além disso, inclua o nome do produto ou serviço e, a depender de como sua marca se posiciona, conte com uma chamada ou slogan. No final, sempre tenha em mente: o título é uma das primeiras informações que o leitor tem contato.

Descrição do produto ou serviço

O que a página de vendas deve conter?

O segundo ponto em relação a sua página de vendas é também de extrema relevância: descrever o seu produto ou serviço da melhor maneira possível para quem visita seu link.

O fato dela ser completa pode ser o que mais vai pesar para a decisão de compra da pessoa, afinal, um pessoa precisa ter certeza que aquilo que ela  quer comprar está alinhado com suas expectativas.

Quanto mais detalhada essa descrição for, melhor. Por mais que ainda não seja a parte de benefícios, lembre-se que você não deve só apenas detalhar o que você está vendendo, mas mostrar como a melhor opção para o leitor.

Você precisa fornecer desde todos os dados básicos como até as formas de usar e cuidados em relação à conservação, caso seja um produto físico. Em nenhuma hipótese deixe de ser transparente ou coloque uma informação falsa.

Benefícios do produto ou serviço

A parte dos benefícios do produto ou serviço também não pode faltar. É nesse momento que você precisa empregar todos os esforços para mostrar tudo de positivo que o lead vai ganhar ao comprar com você.

Muito provavelmente, se você acredita no seu produto, você sabe que ele tem um diferencial em relação aos outros produtos. Esse é o momento de explorar isso. Nesse momento, um vídeo de vendas pode ser muito bem vindo.

Além disso, você deve basear todo o seu texto em uma linguagem persuasiva e adequada. Dessa forma, as vantagens que você está trabalhando vão fazer sentido para quem está lendo.

O copywriting é fundamental para que você possa criar uma conexão emocional com seu lead e mostre que seu produto ou serviço será o melhor que ele vai encontrar.

Depoimentos e provas sociais

Os gatilhos mentais são um dos principais caminhos quando o assunto é convencer alguém de algo. Portanto, se você quiser vender mais nessa página, você precisará explorar isso.

De acordo com dados do Zendesk, 90% dos consumidores afirmam que críticas positivas influenciam totalmente a sua decisão de compra. As provas sociais e os depoimentos são um dos mecanismos mais usados para esse fim. 

As pessoas precisam de validação de outras pessoas para acreditarem em algo. Por isso, essa é a maneira de mostrar, com dados reais, a eficácia do que você está vendendo e como as pessoas estão sendo ajudadas com esse produto ou serviço.

A melhor opção para isso é pedir depoimentos em vídeos, pois passa mais credibilidade – afinal, a pessoa reservou um tempo para isso -, porém, se você só conseguir uma fala textual, ainda assim, vale a pena contar com esse elemento.

Apresentação da sua marca

Você também pode reservar uma parte da sua página para contar mais sobre sua marca e a história dela, como forma de trazer mais credibilidade para o seu produto também.

Nesse espaço, você também pode aproveitar para contar mais de onde surgiu a ideia de criar esse serviço ou produto e, principalmente, a relação que isso possui com seu negócio.

Se você achar que vale a pena, também explore pontos como a missão, visão e valores da sua empresa. Outra sugestão também é apresentar todas as qualificações, conquistas e prêmios que seu negócio tem.  

Em resumo, a biografia da sua marca não precisa ser grande. O importante é que ela seja muito bem trabalhada.

Dúvidas frequentes (FAQ)

Página de vendas - conteúdo

As perguntas feitas com frequências, chamadas de FAQ (Frequently Asked Question, devem aparecer como um elemento estratégico dentro da sua página de vendas.

Se muitas pessoas estão perguntando, é fundamental que você já se antecipe e responda dentro da página. Isso vai servir como uma maneira de quebrar objeções.

O FAQ também serve para evitar que o leitor precise gastar tempo entrando em contato com a empresa para poder tirar alguma dúvida.

Embora existam alguns locais específicos em que essa dúvida já possa ter sido respondida, você deve reforçar algumas perguntas e respostas, desde características de produtos até formas de pagamento e envio. 

Políticas de privacidade e garantia

As políticas de privacidade e garantia também são elementos que não podem faltar em uma página de vendas. Isso é importante para que não haja nenhum conflito entre a pessoa que está lendo e o que ela aceitou.

Por essa razão, não esqueça de trazer uma política de privacidade visível, elucidando todas as informações que são coletadas em seu endereço e como elas são usadas.

Além disso, embora as políticas de garantia possam estar na descrição, se isso for algo positivo, pode valer a pena destacar este item. Muitas empresas permitem o reembolso caso a pessoa não fique satisfeita com a compra.

Além disso, se você estiver vendendo um produto que permite o teste grátis ou a troca caso não sirva, não deixe de informar, pois pode também influenciar na tomada de decisão do seu lead.

Preço e formas de pagamento 

Páginas de produtos que não informam o preço e as forças de pagamento cometem um erro grave. Na verdade, quanto mais direto você for, melhor será para o seu visitante.

Afinal, como seu visitante vai se interessar e considerar comprar um produto ou serviço se ele não sabe nem qual é o valor do investimento? As pessoas preferem encontrar tudo o que elas querem de saber em um só lugar. 

Por isso, deixe claro qual é o valor e, claro, como é possível pagar pelo item ou serviço, isto é, quais são as formas de pagamento disponíveis. E se o que você está vendendo tem qualidade,  falar de preço não será uma tarefa tão difícil.

Ofereça o máximo de opções possíveis para o seu potencial cliente. Muitas vezes, a objeção pode estar no pagamento integral do valor. Oferecer desconto para quem paga a vista e formas de parcelar são fundamentais.

Dados de contato com a empresa

Não esqueça também de falar como o usuário da página pode chegar até você. Por mais que você tenha um FAQ, podem surgir dúvidas muito particulares que vão precisar da sua resposta direta.

Por essa razão, coloque várias opções de contato: email, telefone, WhatsApp e até redes sociais. Ter vários canais é importante para que a pessoa escolha qual é o mais confortável para ela.

Além disso, fornecer dados de contato também consegue oferecer mais segurança para os consumidores que podem não conhecer você tão bem, principalmente se você for um negócio online.

CTAs 

página de vendas - CTAs

Em último lugar, os CTAs, ou seja, call to action, também são elementos fundamentais para conseguir converter dentro da página. Ele nada mais é do que o botão para clicar e, então, chegar no checkout.

Por ter esse grande papel, essa chamada para ação sempre envolve um texto persuasivo e deve aparecer de maneira estratégica na página. Frases como “compre agora” ou “cadastre-se” são os exemplos mais frequentes.

No entanto, não basta escrever uma frase de convite. Você precisa pensar na cor do botão, no tamanho dele e no local que ele está dentro da página. O texto que  antecede, também, precisa ser persuasivo. 

Esse item também é um dos principais itens para testagens A/B. Muitas vezes, você vai precisar avaliar modificações para conseguir aumentar sua conversão.

3 exemplos de páginas de vendas

Para que você possa entender como a página de vendas se comporta na prática, separamos três exemplos para você. Acompanhe!

ActiveCampaign

Um dos exemplos de página de vendas é da ActiveCampaign. Nesta página, é dado destaque a possibilidade da testagem gratuita e sem precisar cadastrar o cartão de crédito.

As páginas de vendas da Active sempre oferecem essa possibilidade antes da venda. Essa é uma forma de mostrar a qualidade do produto sem compromisso, aumentando as chances de conversão, pois será vista a eficiência na prática.

exemplo de página de vendas da ActiveCampaign

Wine

Outra página de vendas interessante é a da Wine, clube de assinatura de vinho. Ela já explora o valor em desconto e, ainda, usa um recurso importante: prova social.

Flávia Alessandra, atriz nacional, é uma assinante da marca e isso é colocado para agregar valor dentro da página.

exemplo de página de vendas da Wine

Fiat Argo

Por fim, o exemplo da Fiat que também tem uma página de vendas para divulgação de um dos carros da marca, o Argo. 

A ideia é fazer uma grande imersão sobre o produto – design, tecnologia, performance, segurança, entre outras coisas – para que a pessoa seja convencida a comprar.

Além do botão que convida o usuário a comprar o carro, a página conta com outras chamadas associadas.

exemplo de página de vendas da FIat

Como criar uma página de vendas com a ActiveCampaign?

Criar uma página de vendas com a ActiveCampaign é super fácil, mesmo para quem não entenda de design e programação. Com ela, você tem acesso a  modelos pré-selecionados e personalizáveis.

Para começar a criar sua landing page com a ActiveCampaign você deve seguir os seguintes passos:

  1. clicar no botão “Site”, no menu esquerdo da sua conta;
  2. selecionar a opção “Páginas”, que aparece ao lado esquerdo da página;
  3. apertar no botão “Adicionar uma nova página”.

A partir daí, uma página com diversos modelos personalizáveis vai aparecer. Você vai poder escolher a que mais interessa a você, basta apertar no botão “Usar esse modelo”. 

Se você preferir criar tudo do zero, você também pode clicar na opção “Em branco”.

Antes de escolher um modelo, você também tem a possibilidade de testar. Para isso, basta clicar na opção “Visualizar”, que aparece quando você passa o mouse pelo modelo.

Você pode ver como o modelo fica no desktop e também no celular. Depois disso, caso queira seguir com a opção, o criador de páginas da ActiveCampaign vai ser carregado. 

Feito isso, você já pode personalizar a landing page para ficar como uma página de vendas!

Perguntas frequentes sobre página de vendas: 

A seguir, separamos algumas dúvidas frequentes que os usuários podem ter sobre esse tema. Acompanhe!

Qual diferença de página de vendas e loja online? 

Uma loja online é bem diferente de uma página de vendas. Enquanto a primeira reúne todos os produtos como uma espécie de vitrine digital, a página de vendas é focada na conversão de um produto em específico. 

O que evitar na sua página de vendas? 

Alguns dos pontos que você deve evitar na sua página de vendas são:

  • falta de informação sobre o seu produto ou serviço;
  • nenhum canal de contato do seu negócio;
  • ausência de botões de CTA;
  • título pouco atraente e conteúdo sem estratégia.

Quanto custa uma página de vendas?

O valor de uma página de vendas vai depender da forma que você escolheu criar. Se você optar por criar uma página do zero com um desenvolvedor, o valor pode ser mais alto. 

Já com uma plataforma de automação de marketing, esse serviço já vai fazer parte das funcionalidades.

Conclusão

Neste artigo, você aprendeu tudo que precisava saber sobre a página de vendas e a sua importância na hora de aumentar a taxa de conversão de um negócio.

Para fazer uma página de qualidade, você precisa se preocupar com muitos pontos, desde o título até o botão de call to action.

E como você viu, uma forma de criar sua página de vendas é com a ActiveCampaign.

Em poucos minutos, você consegue criar páginas relevantes e personalizadas para seu público.

Faça um teste grátis da ActiveCampaign por 14 dias agora mesmo! 

Comment section