Base de clientes: importância e 7 dicas para aumentar

A base de clientes diz respeito ao número de pessoas que compraram com a sua empresa durante um determinado período de tempo.

É muito importante analisar esses números constantemente, pois só assim é possível identificar aqueles clientes que estão se tornando menos ativos e criar estratégias para reconquistar essas pessoas.

No texto a seguir, você verá mais sobre o que é a base de clientes, como criar uma e dicas para aumentar esse número. Boa leitura!

O que é uma base de clientes?

Uma base de clientes é um grupo de pessoas que compram regularmente um determinado produto ou serviço.

As empresas normalmente tentam aumentar sua base de clientes focando emnovos grupos de compradores em potencial por meio de campanhas de marketing e marketing digital.

Por exemplo, uma empresa que vende produtos esportivos pode ter como alvo pessoas interessadas em saúde e condicionamento físico.

Desse modo, é possível criar campanhas do instagram ou via email marketing para divulgar seus produtos e promoções para esse grupo de pessoas.

Há várias maneiras de medir o tamanho de uma base de clientes.

O método mais comum é rastrear o número de clientes únicos que fazem uma compra dentro de um determinado período de tempo, como por exemplo, um mês ou um ano.

O tamanho e a composição de uma base de clientes pode variar muito, dependendo do tipo de negócio. Por exemplo, uma pequena empresa local pode ter algumas centenas de clientes regulares, enquanto um grande varejista nacional pode ter milhões.

Ter uma forte base de clientes é essencial para qualquer negócio, pois proporciona uma fonte de receita e ajuda a garantir o crescimento contínuo.

Para construir uma base sólida de clientes, as empresas não devem somente fornecer produtos e serviços de qualidade que atraiam seu público-alvo, mas também devem trabalhar para criar fidelidade à marca e estabelecer relações positivas com seus clientes.

Ao tomar estas medidas, as empresas podem construir uma base de clientes leais e engajados que vão apoiar o negócio nos próximos anos, além de promover a sua marca para amigos, conhecidos e familiares.

Qual é a importância de ter uma base de clientes?

Conquistar uma base de clientes é importante para qualquer negócio, seja ele grande ou pequeno.

Isso porque clientes fornecem receitas que ajudam a manter o negócio em funcionamento e a crescer, fornecem feedback que pode ser usado para melhorar os produtos e serviços e podem ajudar a difundir o marketing boca a boca, uma das formas mais poderosas de marketing.

Portanto, é essencial se concentrar na construção e manutenção de uma forte base de clientes.

Você pode fazer isso por meio de um excelente atendimento ao cliente, oferecendo produtos e serviços de qualidade e buscando constantemente maneiras de melhorar a experiência do cliente.

E existem diversos sistemas, como o CRM de vendas, que oferecem todas as ferramentas necessárias para que você estude e possa atender de maneira excepcional e personalizada cada uma das pessoas dentro da sua base de clientes.

No mercado competitivo de hoje, é mais importante do que nunca trabalhar a experiência do cliente para manter seus clientes satisfeitos e engajados. Ao fazer isso, você garantirá que seu negócio permaneça focado em sua missão principal e continue a crescer.

Como criar uma base de clientes? Passo a passo

Passo a passo para criar uma base de clientes

Confira a seguir um passo a passo para criar uma boa base de clientes:

1º passo: inclua a base de clientes no planejamento da empresa

O primeiro passo para criar uma base de clientes sólida e consistente é inserir esse objetivo no seu planejamento, pois assim você terá um guia de como seguir ao longo dos meses e um registro das metas que eram esperadas.

Você precisa analisar todas as operações da sua empresa para que tenha uma equipe focada no relacionamento com o cliente, pois só assim você será capaz de perceber se a sua organização está se afastando ou se aproximando da audiência.

Portanto, busque criar uma equipe diversa, com várias idades, etnias e experiências, pois isso vai ajudar você a descobrir como entrar em contato com diferentes tipos de clientes.

2º passo: entenda o que é a percepção de valor

Muitas pessoas pensam que a definição de valor se resume ao preço a ser pago por um determinado produto ou serviço.

Essa é uma percepção distorcida. O conceito de valor diz respeito aos benefícios que uma pessoa enxerga no produto ou serviço que você oferece e que vão além das vantagens concretas.

Criar uma percepção de valor eficiente não é fácil. É necessário criar um ambiente e campanhas que causem um impacto direto e positivo no entendimento das pessoas, pois essa é a melhor forma de conquistá-las.

Elas precisam ser bem tratadas, receber atenção e consumir produtos e serviços que realmente sejam úteis. Dessa forma, seus clientes vão deixar de consumir somente um produto ou serviço, mas uma experiência.

3º passo: estude seus clientes e crie personas

O terceiro passo é entender que a sua base de clientes é como um organismo vivo, ou seja, ela está em constante transformação.

Quando você enxerga a sua audiência como algo estratégico, será mais fácil se adequar às mudanças constantes nas necessidades do público.

Nessas situações, muitas empresas se acostumam com a realização de vendas fáceis em vez de começar a priorizar vendas de qualidade.

Seguir por esse rumo prejudica muito a força da percepção de valor da sua marca, além de comprometer a fidelização de clientes.

Portanto, procure sempre realizar campanhas baseadas na realidade material da sua carteira de clientes, ou seja, com base em informações reais.

A dica aqui é utilizar um software de vendas que colete e processe os dados dos clientes para gerar indicadores sobre seus hábitos de consumo, dores, necessidades, desejos etc.

Descobrir todas essas informações é algo que tornará a criação de campanhas de marketing muito mais fácil, além de aumentar a eficiência dessas campanhas, pois elas serão feitas com base em dados palpáveis e que representam, de fato, a realidade.

4º passo: defina o método de coleta dos dados

O próximo passo depois de estudar e entender quem são as pessoas que compram com você é o de definir métodos de coleta de dados.

Em outras palavras, você precisa criar mecanismos para extrair os dados de seus clientes antes de começar a utilizá-los para melhorar sua empresa.

Existem várias formas de fazer isso, mas você deve começar criando “iscas digitais” para conseguir o contato do maior número possível de clientes e leads.

Depois disso, você deve segmentar esses contatos em clientes em potencial e clientes que já compraram com você.

Com as duas listas em mãos, você deve criar emails que convidem aquelas pessoas que já são ou foram clientes e fornecer um feedback sobre a experiência.

Você pode fazer isso de várias maneiras, tanto criando um questionário com opções pré-definidas, que podem fornecer respostas quantitativas, quanto deixando um espaço aberto para que a própria pessoa faça um comentário e desenvolva mais sobre a sua experiência, os chamados dados qualitativos.

Lembre-se de manter a pesquisa concisa e focada naquilo que realmente importa.  Por isso, evite questionários muito longos, que vão diminuir as chances de você obter respostas.

Então, é importante que você pense bem nas perguntas que quer fazer e comece a coletar dados reais sobre a experiência de pessoas que já compraram seus produtos ou serviços.

Dessa forma, sua equipe de marketing terá dados reais e poderá criar campanhas que têm mais chances de êxito.

5º passo: concentre as informações dos clientes em uma ferramenta

Concentrar as informações em uma ferramenta é um dos passos para criar uma base de clientes

Ok, você coletou dados, segmentou a sua lista de contatos e coletou feedback. E agora? Bem, o próximo passo é centralizar as informações em uma única ferramenta.

Preferencialmente, essa ferramenta deve estar ao alcance de diversas equipes da empresa, passando desde o setor de marketing até o de vendas e atendimento.

O CRM de vendas da ActiveCampaign, por exemplo, permite centralizar todas as informações da sua base de clientes em uma única plataforma de fácil acesso a todos os setores.

Dessa forma, sua equipe de marketing terá acesso a dados importantes para a criação de campanhas, enquanto a equipe de vendas e atendimento terá uma central com todas as informações necessárias para criação de abordagens e atendimento.

Além disso, essa plataforma permite realizar o lead scoring, ou seja, a pontuação de leads, que facilita o trabalho das pessoas vendedoras, já que ela irá abordar somente leads que já tem uma propensão maior a fechar uma compra.

6º passo: crie métodos para reconquistar clientes

É fundamental que as empresas criem um planejamento para definir as ações que devem ser tomadas quando um cliente começa a se tornar inativo.

Pense em como será esse contato, quais tipos de comunicação serão utilizadas e quando essa abordagem deve ser realizada.

Dessa forma, você vai recuperar em tempo clientes que estão deixando a empresa.

A movimentação dos consumidores deve ser constantemente acompanhada, pois só assim você conseguirá identificar quais clientes não estão mais comprando e criar estratégias para recuperá-los.

Manter clientes fidelizados é mais barato do que conquistar clientes novos, então cuide de seus clientes, pois assim eles se tornarão pessoas divulgadoras da sua marca, isto é, sempre irão indicar a sua empresa para amigos, conhecidos e familiares.

7º passo: Atualize a base periodicamente

Lembra que, há alguns tópicos, vimos que a base de clientes é um organismo vivo? Então, isso quer dizer que ela está em constante evolução, com novos clientes chegando e clientes antigos saindo e se tornando menos ativos.

Você precisa monitorar essas movimentações de perto se quiser solidificar a sua base de clientes e expandi-la.

Uma das melhores formas de fazer esse monitoramento é com um CRM de vendas, que permite acompanhar, em tempo real, diversas informações sobre sua base de clientes.

Com um CRM de vendas, você poderá entender melhor quem são as pessoas que fazem parte da sua base hoje e poderá criar estratégias tanto para prospectar novos clientes, quanto para criar campanhas que aumentem a probabilidade de fidelização.

7 dicas para aumentar a base de clientes

Confira agora algumas dicas para aumentar a sua base de clientes:

  1. Reorganize o catálogo de produtos: produtos novos ou aprimoramentos podem ajudar a conquistar audiências diferentes, portanto, pesquise no mercado opções para expandir o seu portfólio de produtos e serviços;
  2. Faça uma análise das suas personas: muitas pessoas acham que só uma persona é o suficiente. Não é. Portanto, elabore várias personas e sempre as analise para ver se batem com os dados reais;
  3. Organize as informações e os dados dos seus clientes: contrate um software especializado, como o CRM de vendas da ActiveCampaign, para organizar as informações dos clientes em uma única ferramenta;
  4. Invista em segmentação de estratégias: clientes não são iguais, então invista na segmentação para criar campanhas de marketing direcionadas e personalizadas;
  5. Crie conteúdos de valor para seus clientes: hoje, na internet, não basta apenas fazer um breve comercial, é preciso entregar algum conteúdo que agregue valor na vida das pessoas, como uma newsletter semanal de notícias do seu nicho de atuação, ou como um ebook sobre a sua área de atuação. Essa, inclusive, é uma das melhores formas de captar novos clientes;
  6. Automatize processos: a automação nunca foi tão importante quanto hoje. Por meio dela, você pode cortar diversas etapas e não vai precisar gastar tempo com tarefas repetitivas, podendo se concentrar no que é mais importante para a empresa;
  7. Invista em inbound marketing: o inbound marketing é uma estratégia não invasiva, isto é, as interações acontecem com a permissão do cliente. Trata-se de uma forma mais eficaz de criar um relacionamento com clientes;

Como fazer a manutenção da base de clientes?

Como fazer a manutenção da base de clientes?

Como vimos, é fundamental manter sua base de clientes ativa para ter sucesso e há algumas maneiras de se fazer isso.

Primeiro: mantenha sempre contato com seus clientes e alimente essas relações. Dessa forma, a pessoa vai se sentir lembrada e também sempre lembrará da sua marca.

Segundo: ofereça incentivos para encaminhar novos negócios a você; isso pode ser qualquer coisa desde um desconto na próxima compra até um cartão presente ou produto gratuito.

Terceiro: certifique-se de que você está sempre fornecendo um serviço ao cliente de alto nível; se seus clientes se sentirem valorizados e respeitados, é muito mais provável que eles continuem a fazer negócios com você.

Seguindo essas simples dicas, você pode garantir que sua base de clientes permanecerá forte e leal por anos futuros.

Conclusão

Agora que você entende como funciona a base de clientes, é hora de colocar em prática essas informações.

Uma das melhores maneiras de fazer isso é usando ferramentas de automação de marketing como a ActiveCampaign.

Com nossa plataforma, você pode facilmente criar campanhas de email direcionadas e baseadas no comportamento de cada cliente.

Além disso, você pode acompanhar o sucesso de suas campanhas em tempo real e fazer mudanças conforme necessário.

Então, por que não experimentar a ActiveCampaign? Oferecemos um teste gratuito para que você possa testar todos os nossos recursos sem compromisso.

E se você decidir se tornar um cliente, nós temos várias funcionalidades que vão ajudar a sua empresa a começar uma gestão de base de clientes efetiva.

Tudo pronto para levar seu negócio para o próximo nível? Teste grátis agora mesmo!

Comment section