Estatísticas de marketing para você conhecer e se atualizar sobre o mercado!

Mais de um terço das lideranças de marketing acredita que o digital será responsável por 75% do que será investido nos próximos cinco anos nesse setor, segundo a Adweek. Essa é uma forte tendência do mercado.

E essa estatística de marketing é um grande exemplo da importância de conhecer bem o que tem sido positivo dentro do mercado.

Além de métricas da empresa, acompanhar os principais dados estatísticos quando o assunto é marketing faz toda a diferença. Afinal, saber como os seus potenciais clientes têm consumido email marketing, tráfego orgânico e redes sociais é fundamental.

Pensando nisso, resolvemos reunir diversas estatísticas de marketing para você se atualizar sobre o assunto e usá-las a favor da sua empresa. A seguir, confira o que você vai encontrar neste post:

  • O que é uma estatística de marketing? 
  • Qual a importância de acompanhar estatísticas de marketing?
  • Quais as principais estatísticas de marketing? 
  • Onde consultar estatísticas de marketing?

Vamos nessa? Boa leitura!

O que é estatística de marketing? 

As estatísticas de marketing nada mais são do que dados coletados por meio de pesquisa para identificar práticas, comportamentos e tendências de consumo, em relação ao mercado como um todo ou em um setor específico.

É importante destacar que as estatísticas de marketing não são métricas específicas de uma empresa, mas dados gerais que podem ser interpretados em relação às práticas de vários segmentos.

As estatísticas apresentam dados quantitativos e contribuem com a credibilidade de pesquisas e levantamentos sobre estratégias de marketing.

Ou seja, a partir dos dados, é possível compreender como as estratégias têm funcionado e impactado os resultados das empresas coletivamente.

PT Webinar hubify activecampaign 2

Qual a importância de acompanhar estatísticas de marketing?

Mas afinal, por que é importante acompanhar estatísticas de marketing? Para saber qual é o melhor caminho a seguir, embora pesquisas internas sejam importantes, é preciso entender bem o mercado. 

Nos próximos tópicos, iremos falar o porquê de acompanhar dados gerais é relevante para a sua empresa.

Entender tendências de mercado

Acompanhar estatísticas de marketing ajuda, em primeiro lugar,  a compreender melhor quais são as expectativas em relação aos consumidores. 

E entender bem o que esse público tem procurado é fundamental para oferecer, por exemplo, uma melhor experiência do cliente. 

Junto  a isso, dados de marketing, principalmente a partir de KPIs, são capazes de dar credibilidade às estratégias usadas dentro do mercado para que seus potenciais clientes também possam acreditar que sua escolha faz sentido.

Comparar métricas da empresa

Ao entender as tendências do mercado, é também possível comparar métricas da empresa com estatísticas do mercado, ou seja, fazer benchmarking. Você pode observar como a satisfação dos seus usuários se posiciona em relação ao mercado de forma geral.

Além disso, é possível, por exemplo, observar como tem sido a conversão de empresas de certo segmento que utilizam email marketing ou tráfego pago e comparar com os resultados do seu próprio negócio.

Elaborar estratégias ainda melhores

Importância da estatística de marketing

Uma consequência de comparar métricas de uma empresa com dados estatísticos gerais do mercado é que, quando se tem uma referência do que funcionado, é muito mais fácil elaborar estratégias melhores para o seu negócio.

Ao comparar o nível de conversão a partir de uma determinada estratégia como tráfego orgânico, por exemplo, sua equipe pode ter insights melhores e crescer o negócio.

Empoderar o time para ser mais efetivo 

Por fim, comparar métricas da empresa junto às estatísticas do nicho é um ganho para todo o time, afinal, a equipe consegue ser mais efetiva. 

Ao utilizar as estatísticas de marketing para entender como se configuram cenários de sucesso, a equipe pode definir KPIs e objetivos com base nos dados de mercado. 

Ao longo do processo, é possível analisar e entender o que funciona e o que não funciona, empoderando o time para tomar decisões mais assertivas, obtendo melhores resultados. 

Quais as principais estatísticas de marketing? 

Agora que mostramos como é importante acompanhar estatísticas de marketing, é crucial apresentar diferentes exemplos práticos de estatísticas sobre esse tema.

A seguir, vamos falar sobre dados relevantes dentro do marketing digital.

Customer Experience Automation (CXA)

A primeira estatística de marketing digital que vamos trazer diz respeito à automação da experiência do cliente, isto é, Customer Experience Automation (CXA). 

Ela nada mais é do que uma categoria que consiste em soluções para comunicações individuais automatizadas em toda a jornada do cliente.

A ActiveCampaign elaborou o primeiro relatório de impacto da CXA, que trouxe diversos dados importantes sobre os ganhos dessa abordagem. Conheça mais sobre a seguir.

Crescimento escalável

O uso de CXA, por exemplo, foi capaz de dobrar o total anual de novos leads das empresas, com um aumento médio de 110% em novos leads, em comparação ao ano anterior.

Além disso, 95% das empresas afirmaram que, graças às automações, conseguiram obter resultados que não conseguiriam alcançar por conta própria, o que mostra que a automação é fundamental para um crescimento escalável, principalmente em negócios maiores.

Crescimento escalável na estatística de marketing

Mais canais de venda

A automação também permite o uso de muitos canais. 99% das empresas entrevistadas concordam que os negócios crescem mais rápido com o uso de vários canais e não só com o email marketing, fazendo uso de SMS, bate papo, site e  redes sociais, por exemplo. 

Ainda, 44% das empresas de ecommerce usam a comunidade online para interagir com os clientes, estimular a avaliação dos produtos e impulsionar a promoção da marca. 

Dos entrevistados, 70% responderam que automatizam as tarefas e conectam os dados por meio de aplicativos e integrações de terceiro.  Ainda, todos afirmam ter aumentado o tráfego do site em comparação ao ano anterior.

Comunicações individuais relevantes 

Ao definir as automações personalizadas, é bem mais fácil manter os clientes engajados com mensagens baseadas em suas experiências pessoais, muito além do ponto de compra.

Nessa pesquisa, 4 em cada 5 usuários concordaram que é possível enviar comunicações extremamente relevantes com a abordagem de CXA com a ActiveCampaign. 

E todo esse processo também representa um maior ganho de tempo para a empresa: 44% dos usuários afirmam já passar mais tempo dialogando com os clientes por conseguirem poupar mais tempo com a automação.

Email marketing

Principais estatísticas de marketing

Outra estatística de marketing muito relevante é o email marketing. Essa estratégia nada mais é do que o uso desse canal para promover campanhas,  fazendo uso do email como ferramenta de marketing direto.

Para começar, é importante entender que mais de 90% das pessoas de 15 a 64 anos usam email de forma regular, como mostra dados da Statista em 2019.

Além disso, são 4 bilhões de usuários de email em todo o mundo em 2020, e a expectativa é que seja 4,6 bilhões em 2025, como mostram outros dados da Statista em 2020.

Os custos do email marketing

De acordo com a SmartInsights, o e-mail marketing tem um dos maiores retornos sobre o investimento (ROI) entre as estratégias de marketing populares.Ele é capaz de trazer $43 para cada dólar investido.

Esse é um excelente exemplo de como o email marketing é uma ótima ferramenta para realizar campanhas a partir de um baixo investimento.

Além disso, trata-se de um mercado global extremamente lucrativo, sendo avaliado em U$7,5 bilhões em 2020 e que a projeção de crescimento é de $17,9 bilhões em 2027, segundo dados da Statista em 2021.

Abertura, conversões e cliques no email marketing

30% dos profissionais de marketing usam email marketing para gerar conversões, segundo dados da Gartner em 2020. E de acordo com a mesma pesquisa, 20% dos profissionais de marketing B2C usam email marketing para aumentar a retenção de clientes.

As taxas de abertura, cliques e conversões também são métricas importantes para quem faz uso do email marketing. Esses valores sempre variam de acordo com o setor e a tática.  

No entanto, de forma geral, o email tem uma taxa de abertura de 30,7% e uma taxa de cliques de 2,9% em todos os setores, segundo dados da Statista  em  2019.

Por fim, o marketing por email possui uma taxa de conversão de 3,71%, segundo dados de 2020 da Optinmonster.

A automação do email marketing

Mais da metade das empresas fazem uso de automação de email marketing, segundo dados reunidos pela Email Monday. Já quando se tratam de empresas B2B, 64% faz uso de técnicas de automação para envio de emails, de acordo com o Marketing Charts.

Os dados da Email Monday também mostram que 63% das empresas bem-sucedidas em Automação de Marketing planejam aumentar seu orçamento de automação em marketing..

Com a automação de email, é possível configurar campanhas de email acionadas com base nas ações do cliente e, assim, converter mais. 

Tráfego orgânico 

O tráfego orgânico é um tipo de investimento em marketing digital fundamental para as empresas. Ele consiste em todas as visitas conquistadas de maneira espontânea, ou seja, sem ser preciso fazer o uso de anúncios para isso.

A principal forma de conquistá-lo é por meio dos mecanismos de busca. 68% das experiências onlines começam com eles, segundo dados do relatório da BrightEdge

Por isso, uma palavra chave desse processo é o SEO. A seguir, vamos trazer alguns dados sobre esses temas relacionados.

Importância do Google

Importância do Google para estatísticas de marketing

Apesar de existir outros sites, o Google domina os mecanismos de busca. O Google detém 91,94% da participação no mercado de mecanismos de busca, segundo o StatCounter.

Além disso, a pesquisa do Google, o Google Images e Google Maps representa 92,96% do tráfego global, de acordo com dados do SparkToro.

Primeiro lugar do Google

53,3% de todo o tráfego do site vem da pesquisa orgânica, segundo a mesma pesquisa da BrightEdge. No entanto, de acordo com o Backlinko, 0,78% dos pesquisadores do Google clicam nos resultados da segunda página. 

É por isso que, quando se fala de tráfego orgânico, mais do que ficar na primeira página do google, é importante ficar no primeiro lugar da página.

Além disso, de acordo com dados do relatório da Sistrix, estima-se que uma posição orgânica número 1  no Google pode resultar em uma taxa de cliques (CTR) de 34,2%..

O poder dos backlinks 

Quanto mais backlinks uma página tiver, mais tráfego orgânico ela receberá do Google, como mostra esse estudo da Ahrefs. Além disso, maior será a chance dela estar na primeira página do Google.

Vale ressaltar ainda, que segundo o mesmo site, 66,31% das páginas não têm um único backlink. Esse dado, por sua vez, mostra que o investimento em link building para conquistar tráfego orgânico é uma excelente oportunidade.

Marketing de conteúdo

Segundo a pesquisa da Semrush, 84% das empresas possuem uma estratégia de marketing de conteúdo. Esse tipo de marketing oferece a atração de clientes por meio da criação de conteúdo relevante para seus potenciais clientes.

A seguir, vamos falar sobre algumas tendências desse tipo de marketing.

Ganho com blogs e SEO

Os três principais canais de distribuição de marketing de conteúdo para profissionais de marketing B2B são site pessoal, blog e boletim informativo por email, como mostra esse artigo da Content Marketing Institute.

Entre elas, está o blog, uma estratégia forte de topo de funil de vendas. 77% dos usuários da internet leem blogs, segundo o OptinMonster.

Além disso, um estudo da Demand Metric mostrou que 70% dos consumidores preferem conhecer uma marca por meio de um artigo do que qualquer outro tipo de propaganda. Por essa razão, conteúdos ricos são tão valiosos.

Uso de vídeos no conteúdo

Outra estratégia muito valiosa quando se fala de marketing de conteúdo são os vídeos.  Oss vídeos são o formato número um que profissionais de marketing têm usado no conteúdo deles.

Segundo estudos da Oberlo, 54% dos consumidores querem ver mais conteúdo de vídeo de uma marca ou empresa que eles apoiam. Ou seja, a demanda por conteúdo de vídeo também está aumentando.

Na pesquisa, foi concluído também que um dos tipos de conteúdo de vídeo populares é o vídeo explicativo, que tem como ideia  explicar como produtos ou serviços funcionam e atrair o público ao mesmo tempo.

Participação dos dispositivos móveis

As pessoas têm o dobro de interações com marcas no celular do que em qualquer outra plataforma, segundo dados do Think with Google. É por isso que toda estratégia de marketing de conteúdo precisa considerar isso também.

Os sites de ecommerce que investem em marketing de conteúdo precisam ser responsivos se desejam atrair seu público. Afinal, segundo essa pesquisa também, 53% dos usuários de dispositivos móveis fecharão um site se demorar mais de três segundos para carregar.

Tráfego pago

Tráfego pago

A última estatística de marketing que iremos falar é o tráfego pago. Diferente do primeiro caso (orgânico), esse formato pode ser entendido como toda visita que acontece apenas por meio de um anúncio.

Ou seja, o tráfego pago acontece pois se paga para conduzir visitantes e páginas específicas até o local que se deseja.A seguir, vamos falar sobre algumas tendências importantes do investimento em anúncios.

O mercado do Google

O maior mercado de anúncio é o Google, de acordo com a Statista.Como o Google tem a maior participação no mercado de mecanismos de busca, isso faz com que profissionais de marketing digital concentrem sua atividade de tráfego pago também nesse site.

De acordo com dados da Clutch, 3 em cada 4 pessoas afirmam que anúncios como mecanismos de busca como Google tornam mais fácil encontrar o que elas precisam.

A força das redes sociais

Já a publicidade nas redes sociais é o segundo maior mercado quando se fala de anúncios. A expectativa é que os gastos com anúncios nas mídias sociais devam atingir mais de U$173 milhões em 2022  segundo dados da Statista.

Outra pesquisa mostrou que as redes sociais são um principal local onde os consumidores procuram produtos para comprar

 38% dos entrevistados da pesquisa da Smartly.io relataram fazer uma compra online com base em um anúncio digital que viram em uma rede social, principalmente nos feriados.

Quando se pensa no Instagram, por exemplo, segundo o Hootsuite, o potencial de pessoas que é possível chegar com um anúncio nesta plataforma é de 1,8 bilhões de pessoas. 

Na prática, isso mostra que o alcance dessa plataforma é uma excelente oportunidade para investir em anúncios.

O investimento em remarketing

Outra forte tendência do mercado de tráfego pago é em relação ao remarketing. Como mostram esse apanhado de pesquisas da Invespcro, 3 em cada 4 consumidores percebem anúncios direcionados.

Ainda, o investimento em remarketing consegue ir além das vendas: 70% dos profissionais de marketing usam o retargeting como principal ferramenta para aumentar o reconhecimento da marca e gerar confiança, de acordo com estudo da IAB. 

Onde consultar estatísticas de marketing?

Afinal, quais são as melhores fontes para consultar estatísticas de marketing? Vamos falar sobre alguns canais que você pode acompanhar para isso.

ActiveCampaign

A ActiveCampaign produz uma série de conteúdos para o blog com estatísticas extremamente relevantes do mercado. Além disso, também realiza relatórios como o de CXA, que mostra o impacto do uso de ferramentas de automação de marketing.

Statista

Muitos dos dados que trouxemos aqui foram da Statista. É uma empresa especializada em dados de mercado e consumidores. De acordo com a empresa, sua plataforma contém mais de 1.000.000 de estatísticas.

GlobalWebIndex

Onde consultar estatísticas de marketing

Outro site que é possível usar como fonte sobre estatísticas de marketing é o  GlobalWebIndex. Trata-se de um serviço que fornece dados valiosos sobre a utilização de redes sociais em todo o mundo.

ComScore

O ComScore permite, ainda, o acesso a informações detalhadas sobre os gastos com anúncios em cada país. Outros dados valiosos fazem com que esse site seja uma referência quando se fala de estatísticas de marketing no mercado.

RockContent

A Inteligência da Rock Content é uma outra parte que traz estatísticas atualizadas de marketing digital. Desde vendas até as estratégias de mercado, são muitos dados estatísticos valiosos e relevantes para quem precisa se informar.

Perguntas frequentes sobre estatística de marketing

Quantas empresas investem em marketing de conteúdo?

De acordo com a pesquisa da Rock Content, intitulada Content Trends – Tendências do Marketing de Conteúdo 2016, 7 em cada 10 empresas investem nesse tipo de estratégia.

E são essas empresas também que conseguem 400% mais visitas no site corporativo e 500% mais leads em relação às empresas que não investem nisso.

Por que as empresas precisam de marketing? 

Os dados estatísticos mostram que há muito crescimento quando uma empresa investe em automação, email marketing, tráfego pago e marketing de conteúdo.

Por essa razão, toda empresa que quer aumentar o número de vendas e o reconhecimento no mercado, precisa investir em marketing digital.

Vale a pena investir em marketing? 

O grande retorno de estratégias de marketing fazem com que investir nesse segmento dentro da sua empresa possa ser muito vantajoso. Por isso, parte do faturamento da empresa precisa ir para ações e campanhas de marketing.

Conclusão

As estatísticas de marketing são fundamentais para termos certeza de que o tipo de marketing que estamos fazendo é uma boa escolha e, principalmente, uma tendência de mercado.

Cada vez mais as empresas estão buscando se diferenciar da concorrência, e uma das melhores formas de fazer isso é comparar métricas da empresa com dados estatísticos gerais.

E como você viu ao longo do texto, investir em automação no marketing tem oferecido muitos ganhos para os negócios.

A plataforma da ActiveCampaign automatiza toda a sua experiência do cliente, sem deixar de lado a personalização. Inicie agora o seu teste grátis da ActiveCampaign por 14 dias!